Grafite na Secretaria de Comunicação

0
2004

 

Um mural colorido virou referência para localizar a Secretaria de Comunicação, no Jardim Bom Clima. Há alguns meses, o que era uma sem graça parede pichada, hoje é uma grande obra de arte a céu aberto, valorizando a cultura e a arte de rua.

 

Obra do artista João Paulo dos Santos Rodrigues, 34, o Jota Pe, o painel ilustra, de fora a fora, o muro da rua Rosacruz com personagens que fazem referência à comunicação, desde a forma mais antiga, com a brincadeira do telefone sem fio. Crianças, jovens e idosos, bem como símbolos de redes sociais, fazem parte da composição, dando um colorido que contrasta com a paisagem urbana. “Eu quis inserir o jovem, com a espontaneidade de lutar, de reivindicar; o idoso, comunicando-se e escutando algo moderno, e a criança, com sua ingenuidade e a brincadeira que a gente não vê mais”, explica Jota Pe, grafiteiro e funcionário da própria Secretaria de Comunicação.

 

 

Além dos personagens, o painel passa, por meio da reprodução de uma frase do lendário Martin Luther King, uma mensagem de renovação contínua, interligada ao processo de comunicação e também à vida do grafiteiro: “Talvez não tenhamos conseguido fazer o melhor, mas lutamos para que o melhor fosse feito. Não somos o que deveríamos ser; não somos o que iremos ser… Mas graças a Deus, não somos o que éramos.”

 

 “Busquei esta frase como inspiração, porque tem a ver com o ambiente e também com minha própria vida. Mudei muito neste tempo todo. Na adolescência, eu era meio rebelde, pichador. Fui ‘convidado’ a sair de várias escolas”, relembra Jota Pe.

 

Graças ao olhar atento de uma educadora, no entanto, Jota Pe deu uma verdadeira guinada na vida, transformando rebeldia em manifestações artísticas por meio do grafite. “Fui fazer um grafite na Escola Estadual Padre Antônio Velasco Aragon, Jardim São Domingos, e a diretora tinha sido minha professora. Ela me chamou para conversar e perguntou se eu não queria fazer um projeto de grafite lá, pintando as paredes. Também me convidou para voltar a estudar. Aceitei e abracei as duas oportunidades, começando a lidar melhor com os estudos. Desde então, nunca mais parei de pintar”, diz ele, que atualmente realiza o sonho de estudar Artes Visuais.

 

Vindo de uma família de artistas, onde o pai é escultor em madeira, Jota Pe tem duas filhas pequenas, de 5 e 3 anos, e ambas já gostam da arte. “Eu as levo para os lugares e elas já sabem identificar minhas obras por onde passam. O grafite é uma arte com muita consciência, com muita expressão”.

 

Sobre o painel da Secretaria de Comunicação, o artista quer deixar uma mensagem de otimismo e esperança. “Quem passar por aqui vai poder observar e levar consigo uma reflexão”, finaliza o grafiteiro, ressaltando que a obra já está rodando o mundo pelas redes sociais.

 

Fonte: Prefeitura de Guarulhos