Guia VPN para principiantes

0
153

 

O que é uma VPN?

 

Uma VPN (Rede Privada Virtual) é um serviço que permite acessar a web de maneira segura e privada, roteando sua conexão através de um servidor e ocultando suas ações online.

Mas como isso funciona exatamente?

 

Veja como uma VPN funciona para você, o usuário.

 

Você inicia o software do seu serviço VPN.

 

Este software criptografa seus dados, mesmo antes que seu provedor de serviços de Internet ou o provedor de WiFi do café o visualizem.

 

Os dados vão para a VPN e do servidor VPN para o seu destino online – desde o site do banco até um site de compartilhamento de vídeos e um mecanismo de pesquisa como o Google.

 

O destino online considera seus dados como provenientes do servidor VPN e do país que você escolheu ao abrir o aplicativo.

 

Conectando sem uma VPN

 

Embora seja o padrão, a conexão aberta tem algumas falhas. Todos os seus dados estão abertos, e qualquer parte interessada pode ver o que você está enviando.

 

A internet é uma coleção de servidores responsáveis por armazenar sites e servi-los para qualquer pessoa que queira visualizá-los. Esses servidores conversam entre si o tempo todo, inclusive compartilhando seus dados entre si para finalmente permitir que você navegue em uma página. Ótimo para você poder surfar, mas não ótimo para a sua privacidade.

 

Estar online é como pegar um voo comercial. O agente do bilhete, os manipuladores de bagagem, o pessoal de segurança e os comissários de bordo precisam de dados para que você seja roteado entre as cidades. Uma troca similar de informações acontece na web.

 

Se é apenas um site divertido que você está procurando, não precisa se preocupar. Não importa se alguém vê seus dados. Mas se é o banco online, o email comercial ou qualquer outra coisa que seja um pouco mais sensível, é uma história diferente.

 

Quando você usa um serviço de VPN, seus dados são criptografados (porque você usa o aplicativo). Toda as informações são enviadas em formato criptografado para o seu provedor de serviços de Internet e, em seguida, para o servidor VPN. O servidor VPN é o terceiro que se conecta à web em seu nome. Isso resolve o problema de privacidade e segurança para nós de duas maneiras:

 

  • O site de destino vê o servidor VPN como a origem do tráfego, não você.
  • Ninguém pode (facilmente) identificar você ou seu computador como a origem dos dados, nem o que você está fazendo (quais sites você está visitando, quais dados está transferindo, etc.). Porque seu IP está oculto dos olhares curiosos.

 

Seus dados são criptografados, por isso, mesmo que alguém veja o que você está enviando, eles só verão informações criptografadas e não dados brutos.

 

Como você pode imaginar, esse cenário é muito mais seguro do que conectar-se à web da maneira tradicional. Mas quão seguro é exatamente? Vamos descobrir:

 

 

Quão segura é uma VPN?

 

A segurança da VPN causa debate entre os profissionais de TI e outras pessoas do setor, e não há dois serviços idênticos em suas ofertas ou segurança. Existem dois fatores principais:

 

As limitações do tipo de tecnologia VPN usada por um provedor

 

Limitações legais e políticas que afetam o que pode ser feito com essa tecnologia. As leis do país em que o servidor e a empresa que fornece a VPN estão localizadas e as próprias políticas da empresa afetam como a empresa implementa essa tecnologia em seus serviços.

A ExpressVPN garante total privacidade dos seus usuários e tem a conexão mais rápida de todas. Com essa empresa você pode acessar servidores de quase todos os países do mundo e conseguir, inclusive, até passagens de avião mais baratas.