Serviços pela metade no São João

0
1286

 

Depois de sofrer com vazamentos de água, os moradores das Ruas Felipe Guerra e Passagem, no Jardim Lenize (Região São João), agora esperam que os buracos abertos pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) sejam tapados. Além de remendos espalhados em alguns trechos por causa dos serviços, quatro buracos sem pavimento, dois em cada rua, atrapalham a rotina dos moradores.

 

saae-sao-joao

Recorrente – Consertos e reparos são comuns na Rua Felipe Guerra (Foto: Beto Martins)

 

O comerciante Aleksandro Germano da Silva, 41, contou que o vazamento em frente a sua oficina de funilaria, no número 196, foi reparado há cerca de um mês. “Mas não terminaram o trabalho”, reclamou, referindo- -se ao Saae. De acordo com Silva, deixar o serviço inacabado é uma atitude comum. “Direto o Saae quebra o asfalto e não vem arrumar. A cada três meses acontece um vazamento”, acrescentou.

 

Na Rua Passagem, em frente ao número 221, o problema é semelhante, mas se arrasta há mais tempo. “Há seis meses que está assim”, informou o empresário Luiz Claudio, 45. Até acidente os trechos sem pavimento provocaram.

 

“Houve colisão entre dois carros, que foram desviar dos buracos e se chocaram”, explicou. O Saae informou, por meio de nota, que iniciou ontem a recuperação do pavimento nas duas ruas e prometeu concluir o serviço hoje. Ainda segundo a autarquia municipal, na Rua Felipe Guerra havia sido realizada a manutenção em um poço de visita da rede coletora de esgoto, e na Rua Passagem, a manutenção de ramal residencial de ligação de esgoto.

 

Fonte: Folha Metropolitana