Saberes em Casa apresenta formas lúdicas de aprender inglês

0
75

 

Promover a interação dos estudantes, criando um ambiente virtual acolhedor que desperte o interesse nas propostas e aprendizagens do ensino da língua inglesa. Esta é a proposta pedagógica do É hora de Inglês, quadro exibido pelo Programa Saberes em Casa. A cada episódio, repleto de interatividade e investigação, os alunos da rede municipal têm a oportunidade de conhecer diferentes culturas, pessoas e curiosidades de outros países, além de se comunicar em inglês sob a perspectiva central de que língua é interação e manifestação sociocultural.

 

Desde seu início, em maio de 2020, o quadro permite que as crianças participem de atividades lúdicas, o que as ajuda a desenvolver a língua e assimilar o vocabulário por meio de palavras e sons. As atividades são desenvolvidas pelos professores de língua e cultura inglesa que atuam nas escolas da Prefeitura de Guarulhos, comprometidos em organizar, planejar e estudar os temas abordados nos episódios do Programa Saberes em Casa, aplicados com intensidade e respaldados no olhar pedagógico para a construção das propostas encaminhadas aos alunos.

 

Para a coordenadora de Linguagens da Prefeitura, Thalita Rios, o desafio tem sido entender qual a melhor forma de aprendizagem para as crianças, buscando identificar o tipo de abordagem. “Quando pensamos em um bebê que está adquirindo o processo linguístico de comunicação, ou o conjunto de elementos que configuram sua língua materna, entendemos que essa aquisição não ocorre por meio do ensino de regras gramaticais, são aprendizagens que acontecem implicitamente. Precisamos considerar este processo no ensino, já que todos nós possuímos uma língua materna e aprenderemos outra”, explica Rios.

 

Interação durante a aprendizagem

 

O quadro É hora de Inglês oportuniza interações por meio de ludicidade, brincadeiras, oralidade e musicalidade, favorecendo a aquisição do inglês com linguagens que potencializam o filtro de afetividade para obter sucesso na aprendizagem. Uma das ferramentas mais importantes utilizadas é o code switching, que propõe falar as palavras em inglês e em português em momentos diferentes dentro de um mesmo contexto, um mecanismo especial de interação bilíngue.

 

Dessa forma, o processo de ensino e aprendizagem dos alunos e a parceria entre os educadores têm alcançado grandes resultados. “Com essas ações, as respostas das crianças têm sido incríveis, as devolutivas que recebemos por meio dos canais de interação, como aplicativos de mensagens, redes sociais, e-mails, entre outros recursos digitais, demonstram a aquisição de saberes e aprendizagens”, destaca a coordenadora Thalita sobre as inúmeras respostas dos alunos participantes.

 

A professora Fernanda Batista, que auxilia nos roteiros e também apresenta o quadro, relata que a proximidade com os alunos em tempos tão difíceis traz mais forças e reforça os vínculos com os professores. “Durante o episódio nós pedimos para que as crianças enviem as atividades através do nosso e-mail, ou que postem com as nossas hashtags em suas próprias redes sociais. Ficamos felizes porque recebemos um número bem satisfatório em todos os episódios de 2021. No mesmo dia, assim que o programa termina, já começam a surgir vários e-mails, e nós respondemos todos. Eles sempre nos surpreendem com fotos, vídeos, muito carinho e parceria.”

 

A aluna Jhoanny Cristina Fernandes da Silva, de seis anos, participa ativamente das propostas sugeridas durante o programa pelas professoras. “Eu sempre faço todas as atividades de inglês. A que eu mais amei foi a aula sobre as butterflies, as borboletas coloridas, que a teacher (professora) passou”, contou empolgada a aluna do 1º ano da EPG Zélia Gattai sobre a atividade que mais gostou de aprender neste ano.

 

Além do e-mail, a equipe possui páginas no Facebook e no Instagram (English_Guarulhos) que vêm promovendo cada vez mais interação com os alunos nas redes sociais por meio das hashtags que são repostadas. As atividades realizadas pelos alunos também são compartilhadas pelo Instagram do Portal SE Informe, página oficial da Secretaria de Educação de Guarulhos.

 

No episódio mais recente a equipe do Programa Saberes em Casa recebeu centenas de fotos enviadas pelos alunos e muitas delas fizeram parte da exposição no prédio principal da Secretaria de Educação. Devido ao grande sucesso com o público foi criado um museu virtual para divulgar todos os 800 trabalhos enviados pelos estudantes da rede, que pode ser acessado em http://portaleducacao.guarulhos.sp.gov.br/wp_site/englishgru/e-hora-do-ingles/.