Presa quadrilha que furtava carros

0
1166

 

Em operação de combate a furto de veículos e receptação, a Polícia Civil prendeu uma quadrilha especializada que atuava em Guarulhos e negociava com desmanches de São Mateus (Zona Leste da Capital). A ação, que aconteceu ontem de manhã, prendeu 20 homens (um menor) e contou com a participação de mais de 200 policiais do Departamento de Polícia Judiciária da Macro São Paulo (Demacro), divididos em 70 equipes.

 

furtos-guarulhos

 

Os homens atuavam na região central do município. De acordo com o delegado titular do 5º Distrito Policial de Guarulhos, João Alves de Araújo, eles furtavam de 40 a 50 carros por semana. “Os furtadores pegavam daqui [Guarulhos] e levavam para lá [São Mateus]. Tem também os maiores e secundários, que quando não levava o veículo para desmanchar, furtava som, estepe e outros acessórios. E os receptadores compravam os objetos”, explicou. A operação começou no dia 28 de janeiro, quando o 5º DP prendeu, em flagrante, dois furtadores.

 

“A partir daí, quatro investigadores, diuturnamente foram a campo fazer levantamento dos locais, fotografar residência e autores para que pudéssemos fundamentar um pedido de prisão junto ao judiciá- rio”, afirmou Araújo. Foram expedidos 34 mandados de busca e apreensão, e 25 de prisão temporária, cumpridos ontem. “É o resultado de um trabalho de integração, inteligência, mostrando a força da Polícia Civil no combate às organizações criminosas”, disse o delegado seccional, Adilson da Silva Aquino.

 

Homens “levavam em 60 segundos”

 

Segundo Aquino, a Operação foi batizada de “60 Segundos”, em razão da rapidez com que os presos atuavam. “Eles colocavam um módulo no carro, subtraiam esse veículo e levavam para os desmanches”, comentou.

 

Além dos 20 presos, 13 veículos foram apreendidos. Durante a investigação foram recuperados 14 carros. Restaram mais dois foragidos.

 

“Iremos perseguí-los até o cumprimento do mandado de prisão”, concluiu Araújo.

 

Fonte: Folha Metropolitana