Policiais Penais de Guarulhos mostram perícia nas revistas mecânicas

0
312

 

O dia 19 de maio foi especialmente agitado no Centro de Detenção Provisória (CDP) I (ASP Giovani Mastins Rodrigues” de Guarulhos. Os Policiais Penais registraram três apreensões junto aos visitantes.  O primeiro registro envolveu a companheira de um dos reclusos do CDP. Ela foi surpreendida durante o procedimento de revista mecânica no equipamento de escâner corporal.

 

 

Ao notar irregularidade na vestimenta da mulher, as servidoras de plantão fizeram abordagem junto à esposa do recluso e foram localizados no cós da calça quatro invólucros camuflados na vestimenta contendo oito pedaços de material esverdeado, análogo à droga sintética.

 

Uma segunda apreensão foi feita nesse mesmo dia 9 de maio também com uma visitante de um reeducando que está custodiado na unidade prisional. A mulher foi surpreendida durante o procedimento de revista mecânica no equipamento escâner corporal quando as imagens indicaram a existência de dois invólucros.

 

De maneira semelhante à outra apreensão, os invólucros estavam camuflados no cós da calça e no top que a mulher usava. Foram apreendidos materiais semelhantes à maconha e cocaína.

 

Por fim, a terceira apreensão também foi feita quando a visitante passava pelo procedimento de revista mecânica no escâner corporal. A mulher foi surpreendida no escâner corporal portando três invólucros contendo material esverdeado, análogo à maconha, camuflado na vestimenta, especificamente no cós da calça e no top da visitante.

 

Todas as três apreensões foram encaminhadas ao 4° Distrito Policial de Guarulhos para elaboração do respectivo Boletim de Ocorrência. Internamente, a unidade prisional registrou os ocorridos e já aplicou sanções a que os reclusos estão sujeitos.