Patrulha Maria da Penha realiza 30ª prisão por quebra de medida protetiva

0
388

 

A Patrulha Maria da Penha da Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarulhos prendeu nesta quarta-feira (15) um homem por descumprir a medida protetiva que o obrigava a manter distância da ex-companheira. A ação, ocorrida no Jardim Ponte Alta, é a 30ª prisão efetuada pela equipe por uma quebra de decisão judicial desde 2018, quando a inspetoria foi criada.

 

 

Os agentes faziam uma visita à residência da vítima para fiscalizar o cumprimento da medida e foram recepcionados pelo autor das violências. Na sequência, a mulher veio ao encontro da equipe e informou que o homem estava no local contra sua vontade.

 

A equipe proferiu voz de prisão e conduziu os envolvidos à Delegacia de Defesa a Mulher, onde a autoridade de plantão ratificou o encarceramento. O autor permaneceu à disposição da Justiça.

 

Patrulha Maria da Penha

 

Para denunciar casos de violência contra mulheres ligue para a Central de Atendimento à Mulher (180) ou para a GCM pelo telefone 153. Semanalmente a Patrulha Maria da Penha percorre mais de 100 km por toda a cidade para garantir segurança às vítimas inseridas no programa e a suas famílias.

 

A Prefeitura também possui um serviço de acompanhamento psicossocial e orientação jurídica, o Centro de Referência de Atendimento às Mulheres em Situação de Violência Doméstica em Guarulhos, quem mantém a identidade das vítimas em sigilo e as aconselha para que se sintam seguras em quebrar o ciclo de violência. É possível contatar a equipe pelo telefone 2469-1001.