Obras no rio Baquirivu proporcionam parceria entre Proguaru e DAEE

0
619

 

Com o objetivo de estreitar o relacionamento com o Departamento de Água e Energia Elétrica (DAEE), o gerente de engenharia da Proguaru (Progresso e Desenvolvimento de Guarulhos S/A), Joel Rodrigues, se reuniu nesta terça-feira, 25, com o diretor do órgão, o engenheiro Genivaldo Maximiliano de Aguiar. Na pauta do encontro, que ocorreu na Capital Paulista, os projetos do Governo do Estado de São Paulo voltados ao Rio Baquirivu.

 

daee-guarulhos (1)
Técnicos da Proguaru eestreitam relacionamento com o DAEE. Foto: José Renato/Proguaru

 

O gerente da Proguaru, Joel Rodrigues, explicou que a empresa de economia mista, em parceria com outras secretarias municipais, encabeça um projeto de urbanização na Vila Nova Bonsucesso que demandará ações de grande porte como o serviço de drenagem. Segundo Rodrigues, a implementação do projeto depende do que será feito pelo DAEE no Rio Baquirivu, além da remoção de famílias que ocupam irregularmente um terreno próximo ao leito do rio, na rua Possebon.

 

Genivaldo Maximiliano de Aguiar contou que o órgão já vem implementando o desassoreamento nos principais pontos críticos do rio e que pretende canalizá-lo desde sua foz, que fica no Rio Tietê, até a região do Parque Cecap, obra que deverá ser concluída entre 2019 e 2020, além da construção de um piscinão na região do Bonsucesso. O diretor do DAEE disse ainda que, acaso as famílias sejam removidas do terreno, o Governo do Estado estudará adiantar o início das obras na região.

 

daee-guarulhos (2)
Técnicos da Proguaru eestreitam relacionamento com o DAEE. Foto: José Renato/Proguaru

 

A previsão é de que o projeto de urbanização da Vila Nova Bonsucesso seja iniciado em 2018. Entre as ações planejadas estão: drenagem, iluminação pública, criação de pontos de ônibus, pavimentação, entre outros.

 

Além de Joel Rodrigues, a Proguaru foi representada pelo gerente de assuntos legislativos, Vitor Amódio, pelo assessor de diretoria, Herbert Seabra, e pelo coordenador de PCM, Marcos Bento.