Metrô ainda realiza estudos para desapropriações em Guarulhos

0
1213

 

Após um ano da divulgação do resultado da licitação para escolha das empresas responsáveis pela obra de expansão da Linha 2-Verde, o Metrô ainda está realizando os estudos necessários para as desapropriações dos imóveis que estão na faixa de domínio da obra em Guarulhos.

O Governador Geraldo Alckmin participa na tarde desta quinta feira (10/04), da solenidade no qual o mesmo irá participar da Visita de Inspeção as Obras do Terminal Metropolitano Vila Galvão, EMTU/SP  logo em seguida o Governador concedeu Coletiva de Imprensa para Anúncio do Edital da Extensão Linha 2 - Verde   Data: 10/04/2014. Local: Guarulhos/SP.  Foto: Vagner Campos/A2 FOTOGRAFIA

Segundo a companhia, atualmente está sendo preparado o Decreto de Utilidade Pública (DUP). A expectativa é que o levantamento seja concluído em outubro. No entanto a publicação do DUP deverá sair somente no final do ano. No trecho da capital o DUP já foi publicado com a necessidade de desapropriações de 672 imóveis. Outros 151 devem ser removidos, ainda, para a implantação do empreendimento.

A nova previsão para o início das obras é 2016. As intervenções estão divididas em oito lotes e a previsão é de que as frentes de trabalho sejam simultâneas. No total quatro lotes estão a cargo da empresa Mendes Junior. Já os outros quatro estão com a Galvão S.A. Paulista de Construções e Somague (um lote), CR Almeida, Ghella e Consbem (um lote); e Cetenco, Acciona e Ferreira Guedes (dois lotes).

A ampliação desta linha terá o acréscimo de 14,4 km e 13 novas estações. Quando completa a Linha 2-Verde (Vila Madalena-Dutra) transportará cerca de 1 milhão de usuários/dia a mais, chegando a 1.519.440 usuários/dia. A expectativa é que o percurso que atualmente é feito em duas horas e meia, passe para, aproximadamente, 47 minutos. Em Guarulhos as paradas serão na Dutra e na Ponte Grande beneficiando diretamente os bairros e Vila Leonor, Vila Galvão, Ponte Grande e Vila Endres.

 

Fonte: Guarulhos Hoje