Homem é preso em flagrante na Vila Augusta

0
779

 

Policiais militares frustraram o furto de um veículo na Vila Augusta (Região Centro) na manhã de quinta-feira, 19. Um homem tentava ligar o carro de um idoso na Rua Guaratinguetá quando foi surpreendido e preso por policiais da Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam) do 15º Batalhão da Polícia Militar (BPM), que faziam patrulha no local.

 

Segundo levantamento da polícia, Robson Fernandes de Brito dos Reis, de 26 anos, já foi preso por roubo de veículos e estava em liberdade há apenas um mês. O criminoso afirmou aos policiais que reside no município de Ferraz de Vasconcelos e que comercializaria o produto do furto em um desmanche de Suzano, cidade vizinha.

 

roubo-vila-augusta

 Tecnologia – A PM apreendeu um bloqueador de sinal, aparelho usado para evitar que alarmes sejam acionados (Foto: Lucas Dantas)

 

Proprietário do veículo, um Volkswagen Polo, Antonio Cardoso dos Santos, 76, foi localizado pela PM na Rua Dona Antônia, paralela à via em que ocorreu o crime. O idoso estava retirando medicamentos na farmácia do Centro de Especialidades Médicas (Cemeg) e nem desconfiava da ocorrência.

 

“Poderia ter sido muito pior, tive a sorte de os policiais estarem no local naquele exato momento”, comentou Santos, aliviado por ter o veículo devolvido. O idoso lamentou o fato de Reis ter saído do sistema prisional há  pouco tempo e já estar novamente praticando crime.

 

O Polo estava com o miolo da tranca da porta da lateral do banco do motorista estourado. O filtro de ar foi retirado pelo ladrão, que havia feito ainda a troca de um módulo para conseguir ligar o carro com outra chave.

 

O caso foi registrado no 5º Distrito Policial de Guarulhos.

 

Centro é alvo de crime semelhante

 

Na madrugada de quinta-feira, 19, o mesmo crime foi registrado na Rua Ipê, no Centro (Região Centro). Por volta da 1h um Volkswagen Fox foi encontrado pelo proprietário com fios soltos abaixo do volante. Uma peça retirada do motor estava na calçada. O alarme foi desligado para que não disparasse. Os sinais eram de tentativa de troca da uma central elétrica por outra clonada, porém, o carro não foi levado.

 

Fonte: Folha Metropolitana