GCM prende dois homens por descumprimento de medida protetiva

0
66

 

Dois homens foram presos pela Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarulhos por quebrarem as medidas protetivas que determinam distância de suas ex-companheiras entre a noite de domingo (14) e a tarde desta segunda-feira (15) no Jardim Guilhermino e no Parque Mikail, respectivamente. Com as ações, a Patrulha Maria da Penha completou 48 prisões pelo mesmo motivo desde o início do programa, há cinco anos.

 

 

O primeiro detido foi denunciado pela vítima, que acionou os agentes pelo aplicativo SOS Patrulha Mulher, uma tecnologia utilizada para ampliar e acelerar o atendimento das mulheres assistidas pela Patrulha Maria da Penha. Na primeira tentativa de surpreender o acusado ele conseguiu fugir, porém os agentes permaneceram na região em patrulhamento preventivo e de fiscalização da medida, quando o aplicativo foi acionado novamente.

 

Com a rápida resposta o homem foi preso em flagrante adentrando o condomínio residencial da vítima e foi levado ao 4° Distrito Policial, onde a autoridade realizou oitivas e lavrou boletim de ocorrência por descumprimento de medida protetiva de urgência. O acusado ficou detido e à disposição da Justiça.

 

No dia seguinte outra vítima acionou a Central 153 e denunciou o ex-companheiro por estar dentro de sua residência no Parque Mikail, um dos locais em que as equipes efetuam patrulhamentos cotidianos e a fiscalização das medidas protetivas. Os agentes da Patrulha Maria da Penha chegaram rapidamente e prenderam o homem em flagrante, encaminhando-o à Delegacia de Defesa da Mulher, onde ficou detido por determinação da autoridade policial.