Vereador Laércio Pereira é encaminhado à comissão de ética

0
840

 

Após se abster durante a votação para a presidência da Câmara Municipal o vereador petista Laércio Pereira terá que dar explicações à comissão de ética do Partido dos Trabalhadores. A bancada do partido encaminhou representação para a comissão ontem solicitando providências cabíveis e necessárias para com o vereador respeitando o Estatuto dos Trabalhadores e o Código de Ética da sigla.

O documento é assinado pelo líder da bancada, vereador Rômulo Ornelas. “Fiz o meu papel de mostrar para o partido o que houve. Ele deveria ter seguido a bancada e não fez”, afirmou o parlamentar que explicou que a decisão deverá sair somente no ano que vem e dentre as possíveis consequências está a expulsão do partido.

ética-guarulhos

Pereira se absteve alegando discordar da postura do candidato petista Marcelo Seminaldo. “Sempre votei pela bancada e pelo nosso governo. Mas desde o início quando começou esse processo de disputa da presidência eu discordei de algumas posturas do nosso candidato. Por vários momentos ele tomou decisões sem nos consultar e por esses motivos me senti a vontade em me abster”, afirmou após a votação desta segunda-feira.

Já o prefeito Sebastião Almeida afirmou que essa é uma questão interna do partido. “Em relação a posicionamento de vereadores do PT na Câmara quem tem que analisar isso é o diretório do partido”, disse.

Além disso, Almeida disse não se preocupar com o fato do PT ter perdido a representação nas comissões técnicas do Legislativo, inclusive com a ausência de integrante na Comissão de Constituição e Justiça, que poderá implicar na aprovação de projetos do Executivo. “Nunca tivemos problemas com nossa base de sustentação na Câmara, seja com representantes do PT ou de outros partidos e tenho certeza que não teremos. Confio plenamente naquele que foram eleitos”, destacou.

 

Fonte: Guarulhos Hoje