Vedacit Vôlei Guarulhos tem mais um jogo difícil e não consegue derrotar o Sesi-SP

0
348

 

Pela sétima rodada da Superliga 1XBET, o Vedacit Vôlei Guarulhos enfrentou o Sesi-SP, no Ginásio da Vila Leopoldina, na noite deste sábado, 26. O time mandante levou a melhor por 3×1 com parciais de 25/16, 20/25, 25/18 e 28/26.

 

Foto: Mauro Horita

 

Os guarulhenses disputaram a partida com o uniforme celebrativo preto e dourado, fechando a ação do Novembro Negro.

 

A equipe comandada por Guilherme Novaes, entrou em quadra com Franco (Michael Jordan – oposto), Matheus Alejandro (Serena Willims – central), Babu (Pelé – central), Lucas Loh (Luther King – ponteiro), Renato Pato (Lewis Hamilton – ponteiro), Sandro (Fofão – levantador) e Filipinho (Rebecca Andrade – líbero).

 

“Infelizmente hoje a vitória não veio, sabíamos a dificuldade desse jogo. Criamos oportunidades, mas não fomos eficazes. Em um jogo como esse, qualquer oportunidade temos que matar. O Campeonato é longo, agora é focar e trabalhar bastante para o próximo”, disse o técnico Guilherme Novaes.

 

O próximo confronto do Vedacit Vôlei Guarulhos será na quinta-feira, 1, contra o Montes Claros América Vôlei, às 21h30, no Ginásio da Ponte Grande.

 

Novembro Azul e Novembro Negro

 

Neste mês de Novembro, o Vedacit Vôlei Guarulhos, apoiará duas ações de conscientização social. O uniforme azul do líbero Filipinho representará o apoio à luta pela prevenção do câncer de próstata e cuidados com a saúde dos homens. Já o uniforme preto será alusivo ao Mês da Consciência Negra, contra o racismo, incentivando práticas antirracistas.

 

Em parceria com a patrocinadora Vedacit, o time entregará a camisa azul autografada para a ONG Oncoguia. Há 12 anos a Oncoguia apoia, informa e defende os direitos dos pacientes com câncer, com o propósito de fortalecer, encorajar e guiar todas as pessoas que convivem com a doença para que passem por esse desafio da melhor forma possível.