Vedacit Vôlei Guarulhos entra no universo dos NFTs e fará surpresa para quem for à semifinal no sábado, 16

0
88

 

A segunda rodada da semifinal entre Vedacit Vôlei Guarulhos e Fiat Gerdau Minas, neste sábado, 16, às 19h, além de muitas emoções promete também novas experiências tecnológicas aos torcedores que forem ao Complexo Poliesportivo do CEU Cumbica (Avenida Atalaia do Norte, 544 – Jardim Cumbica). Nessa fase de mata-mata o time guarulhense busca classificação inédita para as finais e terá que brigar pela vitória, para forçar um terceiro confronto. Já que no primeiro jogo, dia 9, em Belo Horizonte, a equipe comandada por Guilherme Novaes foi derrotada por 3 sets a 0.

 

Foto: Duda Bairros

 

Mas o time da casa vai contar com pelo menos 2 mil torcedores que devem lotar as arquibancadas do ginásio. Os ingressos com venda on-line estão esgotados desde a manhã de quarta-feira, 12.  O jogo terá transmissão ao vivo pelos canais Sportv e TV N Sports, apenas para assinantes.

 

Os portões do CEU Cumbica serão abertos ao público às 17h.

 

Tecnologia e Esporte

 

Os torcedores “flechas”, que nessa temporada deram um show de animação e incentivo ao time guarulhense, motivaram a parceria entre o Vedacit Vôlei Guarulhos e a DaX, uma startup que planeja experiência, tokeniza ativos e cria marketplaces exclusivos de assets digitais e outras experiências próprias do mundo digital.

 

Para marcar mais essa participação histórica nos playoffs da Superliga Masculina 2021-2022, os parceiros vão disponibilizar ativos colecionáveis, através de uma tecnologia blockchain, para todos que já garantiram seus ingressos. O blockchain é uma inovação que permite, de forma segura, transações das chamadas criptomoedas ou moedas digitais, mas também diversas outras experiências, como as NFTs que fazem parte da ação promocional que o VVG e a DaX estão oferecendo.

 

A mecânica será simples: quem comprou o ingresso pela plataforma receberá um e-mail com informações de como escolher, gratuitamente, uma das duas artes com NFTs disponíveis. Serão dois posters exclusivos e comemorativos da partida.

 

As NFTs (tokens não-fungíveis) vêm criando uma revolução no mundo dos colecionáveis no esporte. “Com os ativos digitais, é possível romper barreiras para oferecer uma ilustração exclusiva, um 3D, uma mensagem do técnico no dia do jogo, o hino do seu clube, um clipe com o último ponto do jogo. Criar experiências inesquecíveis no ginásio, acompanhar um dia de treino com seu atleta e, com isso, iniciar uma experiência física com residual digital ou vice e versa”, explicou Claudio Olimpio, CEO da DaX.

 

A ideia é surpreender os apaixonados pelo esporte. “Nosso desafio é criar experiências exclusivas, por meio de grandes projetos com NFTs, tokens e fantokens no esporte, e acreditamos que os ativos únicos e raros serão a porta de entrada para estreitar o relacionamento do clube com seus torcedores.”, concluiu Olimpio.

 

Para o presidente esportivo do VVG, Anderson Marsili a nova parceria amplia ainda mais as metas do projeto que nasceu de olho no futuro. “”Estamos vivendo um momento especial dentro e fora de quadra. Além de disputarmos uma semifinal de Superliga, algo extraordinário para uma segunda participação na elite, temos o prazer de anunciar essa parceria com a DaX que irá eternizar esse momento através dos NFTs. Somos o primeiro clube de vôlei a ter iniciativas nesse universo digital, e, o que é mais importante, beneficiando os nossos torcedores.”, concluiu.