Suposto K4 e mini celulares são apreendidos antes de entrarem em unidades prisionais da Grande SP

0
87

 

A Secretaria da administração Penitenciária (SAP) informa sobre as apreensões de materiais ilícitos enviados às unidades prisionais da região metropolitana de São Paulo.

Franco da Rocha

 

Na terça-feira (29), os agentes de segurança da Penitenciária I “Mário de Moura e Albuquerque” de Franco da Rocha, apreenderam 100 filipetas de papel semelhante ao entorpecente K4, que estavam escondidos em um frasco de creme hidratante. O objeto contendo o ilícito foi remetido à unidade prisional via correio, pela mãe de um custodiado.

 

Já nesta quarta-feira (30), seis filipetas de papel característico ao K4 foram achadas dentro de um tubo de creme dental. O ilícito escondido dentro do objeto foi enviado pela mãe de um sentenciado, via correspondência.

 

As apreensões foram encaminhadas ao Distrito Policial de Franco da Rocha para registro de boletim de ocorrência.

 

Guarulhos

 

Na Penitenciária “Desembargador Adriano Marrey” de Guarulhos, nesta quarta-feira (30), durante procedimento de revista realizado nas correspondências encaminhadas à unidade prisional, foram encontrados dois aparelhos de mini celular, dois fones de ouvido e 10 chips de telefonia.

 

 

Os objetos estavam dentro de um pacote de biscoitos.

 

Ainda na Penitenciária II, 248 pedaços de papel característicos à droga sintética K4 foram apreendidos dentro de balas tipo soft. Ao revistarem uma correspondência enviada à unidade prisional os agentes de segurança avistaram a irregularidade dentro do pacote. Ao quebrarem as balas, os servidores encontraram os pedaços de suposto entorpecente.

 

Santo André

 

No Centro de Detenção Provisória de Santo André, na tarde desta quarta-feira (30), foi feito o flagrante de seis cartelas de suposto K4, escondidos entre a palmilha e o solado de um par de chuteiras, encaminhados via correspondência a um custodiado da unidade prisional. Os ilícitos foram vistos durante revista no Raio-x do pacote e confirmados pelos agentes de segurança de plantão.