STMU prepara desvios no trânsito neste sábado na região da Paulo Faccini

0
406

 

Para evitar transtornos para as pessoas que não irão participar do tradicional bloco de carnaval da Banda Bicha, que acontece neste sábado (15), a Prefeitura de Guarulhos, através da Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana (STMU), irá implantar um esquema especial de trânsito para a região.

 

O ideal é que o motorista evite a avenida Paulo Faccini, entre as avenidas Monteiro Lobato e Tiradentes, finalizando na Papa João XXII, entre 10h e 22h. O público estimado é de 50 mil pessoas.

 

A partir das 12h começa a concentração e as equipes de trânsito da STMU irão bloquear a avenida Monteiro Lobato no trecho compreendido entre as ruas Francisco Santana e do Rosário. Neste momento, os desvios para carros, no sentido bairro/Centro, serão feitos pela avenida Papa Pio XII, enquanto os ônibus seguirão percurso pela rua José Campanella, pela avenida Antônio de Souza e pela rua Padre Celestino. No sentido contrário, Centro/bairro, o desvio será único: rua Francisco Santana, avenida Antônio de Sousa, rua Kida e avenida Monteiro Lobato.

O início do desfile do bloco está previsto para 14h com a interdição da avenida Paulo Faccini, sentido Centro/bairro, com desvios alternativos pela travessa do Rosário, Rua Silvio Barbosa, além de todos os seus retornos e acessos. Neste momento, o fluxo de veículos da avenida Tiradentes será desviado pelas avenidas Doutor Renato de Andrade Maia (bairro/Centro) e Paulo Faccini, que estará liberada no sentido Centro/bairro.

 

A chegada do bloco ao Bosque Maia está prevista para as 19h. A dispersão deve acontecer até as 22h, com a possibilidade de haver bloqueio da avenida Paulo Faccini, sentido bairro/Centro, no entroncamento com a avenida Salgado Filho (nas proximidades do hipermercado Extra). Neste horário, o fluxo de trânsito seguirá, se for o caso, pela avenida Salgado Filho.

 

 

Estrutura

Na manhã desta sexta-feira (14) os organizadores da Banda Bicha se reuniram no Paço Municipal com os secretários de Governo, Edmilson Americano, e de Desenvolvimento Urbano, Jorge Taiar, além de representantes de outros setores da administração, como Turismo, Cultura, Trânsito e Segurança Pública para tratar dos últimos detalhes em relação ao desfile deste sábado. Apesar de a Prefeitura não investir um centavo de dinheiro público no evento, bancado inteiramente pela iniciativa privada, a municipalidade irá colaborar com a infraestrutura necessária para ajudar no trânsito e segurança dos foliões e da população que não irá participar do evento.

 

A organização informou que cerca de 1.100 pessoas trabalharão na segurança e apoio ao desfile. Na área de segurança haverá certa de 300 agentes de segurança privados, 350 policiais militares, 40 guardas civis municipais, além de duas motos do Samu de apoio e cinco ambulâncias particulares, sendo duas UTIs. As ações incluirão ainda fiscalização a comércio clandestino de comidas e bebidas e equipes de limpeza, com o apoio da Secretaria de Serviços Públicos e da Proguaru.