Simulado de acidente aéreo mobiliza o aeroporto de Guarulhos no próximo dia 10

0
128

 

A Defesa Civil de Guarulhos realizará na próxima terça-feira (10), com a GRU Airport (empresa que administra o Aeroporto Internacional de Guarulhos), um exercício de simulação de queda de aeronave. A atividade contará também com a participação de diversas entidades ligadas à Prefeitura e às forças de segurança, de prevenção de acidentes e de resgate públicas e privadas do município.

 

 

Essa operação prevê – na parte interna do aeroporto – um cenário de pouso forçado de aeronave pequena, causado por pane e perda de uma das turbinas, cuja queda sobre um automóvel causaria – na parte externa – incêndio e danos humanos e materiais associados. Com tal complexidade de cenário, as partes envolvidas pretendem treinar e capacitar equipes em diversas etapas de socorro e atendimento a emergências, tais como ajuda a vítimas diretas e combate às chamas na própria aeronave na pista do aeroporto, e também evacuação de prédio público, isolamento de área e coordenação e deslocamento de equipes de resgate.

 

Duas unidades educacionais da Prefeitura estarão envolvidas no processo: a EPG Perseu Abramo, na qual serão treinados protocolos de evacuação, e a EPG Mariazinha Rezende Fusari, onde o treinamento será restrito à coordenação de informações, abordagem às vítimas e orientação à população para evitar pânico.

 

Participantes

 

Além da Defesa Civil e da GRU Airport, desempenharão papéis no simulado a Guarda Civil Municipal (GCM), a Secretaria de Educação e a Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana. Na esfera estadual participarão a Polícia Militar, a Polícia Técnica, a Polícia Científica, o Corpo de Bombeiros, a Sabesp e Hospital Geral de Guarulhos. Entre as entidades federais estarão presentes a Polícia Federal do aeroporto, a Polícia Rodoviária Federal e a Agência Nacional de Aviação Civil, e como participantes da iniciativa privada a Latam Airlines e o Sistema Integrado de Emergência de Guarulhos, um agrupamento de empresas que constitui força-tarefa de pessoal e equipamentos de resgate.