Siga estes conselhos e estimule seu desejo sexual

0
14

 

Um dos tópicos que mais ocupa a mente das pessoas é o desejo sexual. A atração, os sentimentos, o entusiasmo e todo esse conglomerado. E independentemente do sexo ou idade, todos experimentam o mesmo desejo de ter uma vida sexual feliz, alcançar orgasmos e desfrutar de todos os benefícios que isso gera.

 

Há uma explicação por trás de tudo isso: a experiência sexual ativa as partes do cérebro que liberam os hormônios responsáveis pelos sentimentos de alegria e prazer. É como uma injeção de humor instantânea.

 

Mas nem tudo é simples quando se trata de desejo sexual. Podem haver muitos fatores que levam a uma diminuição do desejo e, embora não haja exatamente um problema nisso, a recorrência do evento pode levar à necessidade de buscar ajuda.

 

É claro que nem todos têm a mesma euforia que as belas acompanhantes de Guarulhos, mas com a ideia de ajudar a melhorar o desejo sexual de todos, Skokka aprofundará o tópico a seguir.

Libido e desejo sexual

 

Para compreender melhor o desejo sexual, devemos começar examinando aspectos da libido. Mas o que é exatamente a libido? Libido geralmente se refere ao desejo ou impulso de um indivíduo de ter relações sexuais. Em outras palavras, quando a libido é baixa, ela é acompanhada por uma falta de interesse pelo sexo ou por qualquer estímulo relacionado ao sexo.

 

Embora não se possa padronizar o apetite sexual porque cada pessoa e cada casal tem uma dinâmica diferente, a perda da libido não pode ser subestimada porque pode trazer consequências para a vida pessoal e a relação de um indivíduo.

 

Alguns fatores podem ser citados como os mais comuns para a perda ou redução do apetite sexual, mas de qualquer modo um especialista deve ser consultado ao primeiro sinal de baixa libido. São os seguintes:

 

  • Estresse;
  • Uso de contraceptivos ou medicamentos ansiolíticos ou antidepressivos;
  • Menopausa;
  • Desregulamentação hormonal;
  • Alterações ginecológicas;
  • Depressão;
  • Problemas financeiros;
  • Problemas conjugais;
  • Rotina e monotonia.

 

E como lidar com isso?

 

Algumas práticas podem ajudar nesta busca a manter ou até mesmo aumentar o desejo sexual. Sabendo que a libido é afetada tanto por fatores físicos quanto emocionais, temporária ou mesmo permanentemente, e que isso gera conflitos no relacionamento do casal e até mesmo uma redução da auto-estima da pessoa afetada, a questão deve ser cuidada cuidadosamente.

 

Por esta razão, há algumas dicas de quentes garotas de programa profissionais em São Paulo para cuidar deste problema de uma forma mais natural e simples.

Dicas para aumentar e estimular o desejo sexual

 

Exercício físico

Não é novidade que o exercício físico melhora o humor, dá mais energia e também aprimora a condição física, mas os benefícios vão além disso e ajudam entre os lençóis, então vá em frente!

 

Estimular a mente

A mente é responsável por grande parte do desejo sexual, portanto seu estímulo é vital para manter uma boa atitude: ler histórias eróticas, livros, assistir filmes sensuais ou mesmo escrever uma carta com todos os desejos mais secretos … tudo é válido para ativar a imaginação e o prazer.

 

Masturbação e estimulação do corpo

Experimentar um novo brinquedo sexual, tomar uma taça de vinho enquanto se toca e se conhece, tomar um banho quente e depois fazer uma massagem com óleo perfumado no corpo… o autoconhecimento e a estimulação sensorial são a chave para viver uma vida sexual plena e de qualidade. No final, aqueles que não se conhecem não podem ensinar a seu parceiro o que preferem e o que lhes dá mais prazer.

 

Investir em sono e nutrição de qualidade

A falta de sono e nutrição adequados prejudica a produção hormonal e consequentemente afeta o desejo. Dormir bem, comer bem e seguir uma dieta equilibrada e rica em vitaminas e minerais fará com que se sinta bem consigo mesmo e aumentará sua abertura ao prazer e suas nuances.

 

Evitar hábitos nocivos

Limitar o consumo de álcool e tabaco, assim como o uso excessivo das redes sociais, também pode fazer milagres na vida de uma pessoa. Muitas vezes são os pequenos hábitos cotidianos que levam a uma redução do desejo sexual.

 

Abrir-se a novas experiências

Monotonia e tédio são grandes barreiras para o pleno gozo da sexualidade, seja em casal ou sozinho. Experimentar a sexualidade e suas mínimas nuances devem ser sempre um objetivo: comprar um vibrador, usar uma lingerie inédita, tentar uma nova posição, ou uma maneira diferente de sentir prazer sozinho, são muitas das opções para “despertar” o cérebro para o prazer.

Não importa o momento da vida, gênero ou idade, o pleno desfrute da sexualidade traz tanto benefícios físicos quanto emocionais, afinal sentir-se feliz, amado, querido e compreendido são desejos humanos desde sempre. Além de aplicar todas as dicas das belas acompanhantes brasileiras de Mogi das Cruzes que anunciam no Skokka, ao perceber o menor sinal de baixa libido, procure um especialista.