Servidores apreendem supostas drogas sintéticas e maconha

0
79

 

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa sobre as apreensões realizadas em unidades prisionais da Grande São Paulo.

 

Franco da Rocha     

 

Na última sexta-feira, 23, durante revista mecânica, servidores da Penitenciária I “Mário de Moura e Albuquerque”, de Franco da Rocha, verificaram irregularidades em encomenda postada pela mãe de um sentenciado. Foram apreendidas três filipetas de papel semelhante à droga sintética K4, ocultadas por entre as bordas de fatias de pão de forma.

 

 

A mãe de um sentenciado do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Franco da Rocha encaminhou à unidade penal um frasco de shampoo contendo 59 pedaços de papel semelhantes ao sintético K4. O caso ocorreu no último sábado (24), e foi descoberto pelos agentes de segurança no momento em que eles faziam a revista nos objetos recebidos.

 

As apreensões foram registradas por meio de boletim de ocorrência no distrito policial local e, internamente, foram instaurados procedimentos administrativos de praxe.

Guarulhos

No último sábado (24), por volta das 14h20, a esposa de um preso foi impedida de adentrar no Centro de Detenção Provisória “ASP Giovani Martins Rodrigues”, de Guarulhos, após passar pela revista mecânica no equipamento de escâner corporal. De forma voluntária,  a visitante entregou os ilícitos que portava camuflado em suas nádegas.

Foram apreendidos quatro pacotes, acondicionado em saco plástico transparente, contendo uma substância esverdeada supostamente de maconha; uma folha tipo cartolina, aparentando ser droga sintética K4, e uma outra folha de papel também análoga à droga sintética, provavelmente LSD.

 

O flagrante foi registrado em boletim de ocorrência no 4º Distrito Policial de Guarulhos e, internamente, foram instaurados procedimentos administrativos de praxe.