Projeto de adequação do novo prédio da Câmara

0
501

 

Está a cargo da Secretaria de Obras o projeto de adequação da antiga fábrica de Tapetes Lourdes, que abrigará a nova sede da Câmara Municipal. De acordo com a pasta, a proposta está em fase de conclusão, sendo realizada atualmente a revisão de alguns pontos.

Ainda não há a previsão de custos para a obra que será viabilizada através dos recursos do duodécimo, que é o repasse mensal de valores do Executivo ao Legislativo para custear as despesas. No entanto, a estimativa é que no início do próximo ano a prefeitura realize a licitação para a contratação da empresa que executará as obras necessárias para o local receber as dependências da Casa de Leis.

predio-camara-guarulhos

Na semana passada o Judiciário determinou a retirada de um maquinário existente no imóvel que era o único impedimento da Câmara tomar posse do imóvel comprado há três anos. O equipamento impediu o Legislativo de iniciar a reforma do edifício que sofre com a ação de vândalos e se deteriora com o tempo.

O imbróglio envolvendo a aquisição do imóvel se arrasta desde setembro de 2011 quando o jornal Guarulhos Hoje publicou com exclusividade a intenção do presidente da Casa de Leis, Eduardo Soltur (PSD), em adquirir uma sede própria para o Legislativo.

Soltur recebeu as chaves do imóvel em agosto do ano passado. Na época ele afirmou que o projeto contemplaria a implantação a implantação de bancos, agência dos Correios, posto do Fácil, além de outros serviços que vão beneficiar os moradores da região, após a instalação do Legislativo no novo endereço.

 

Fonte: Guarulhos Hoje