Proguaru abre Plano de Demissão Voluntária

0
780

 

Após demitir uma série de funcionários nos últimos meses, devido a grave crise financeira que enfrenta a Progresso e Desenvolvimento de Guarulhos S/A (Proguaru) decidiu instituir a partir de hoje um Plano de Demissão Voluntária (PDV), para que os trabalhadores que estejam interessados em deixar o quadro de funcionários possam ser desligados da empresa, garantindo o recebimento de todos os direitos trabalhistas.

Segundo a Proguaru, além dos motivos já expostos, a revisão dos processos de trabalho, visando a modernização da empresa e de suas tarefas, também motivou a abertura do programa.

 

proguaru-guarulhos

De acordo com o Sindicato dos Funcionários da Administração Pública Municipal (Stap) a empresa já demitiu comissionados, servidores com estabilidade por motivo de saúde, além de 50 operacionais, entre auxiliares de serviços gerais e ajudantes, e 65 funcionários concursados. “A empresa alega que não tem condições de manter o quadro, mas não pode sair demitindo gente com problemas de saúde e concursados. Foi isso que mostramos ao Zé Luiz – diretor da Proguaru”, afirmou Pedro Zanotti Filho, presidente do Stap.

Os interessados na adesão do programa, devem escrever uma carta de próprio punho, manifestando o seu desejo de ser incluído no PDV. Em seguida, a carta deverá ser entregue a seu superior que, por sua vez, a encaminhará à Gerência de Recursos Humanos, responsável pela sequência do processo.

Os aderentes receberão todos os seus direitos trabalhistas e terão o Aviso Prévio indenizado pela empresa, ou seja, não precisarão cumprir os 30 dias. Além disso, a cada ano trabalhado, o funcionário terá direito a mais três dias de Aviso Prévio, limitado ao máximo de 90 dias adicionais, conforme previsto em lei.

Questionada sobre a quantidade de trabalhadores que já foram desligados até o momento, a Proguaru não respondeu até o fechamento desta edição.

 

Fonte: Guarulhos Hoje