Prefeitura promove ação de prevenção a escorpiões no Jardim São João na próxima terça-feira

0
421

 

Quando as cidades crescem sem controle, alguns animais vão se adaptando ao nosso convívio, dentre eles o escorpião, cujo aparecimento é muito comum nesta época do ano devido ao clima quente e úmido, sendo este o período mais propício para sua reprodução. Por isso, depois de receber uma notificação para captura da espécie em residência próxima ao Terminal de Ônibus São João, a Secretaria da Saúde de Guarulhos, por meio do Departamento de Vigilância em Saúde, promoverá uma ação educativa na região na próxima terça-feira (2), das 9h às 12h.

 

A ação será realizada por agentes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), em parceria com a equipe de educação do Departamento de Vigilância em Saúde. Os profissionais percorrerão todo o entorno da avenida Mônaco e da Estrada Guarulhos Nazaré, onde abordarão transeuntes e moradores das residências, distribuindo panfletos com informações sobre as medidas de prevenção a acidentes, bem como farão orientações à população sobre a importância da limpeza e preservação do ambiente para combater o aparecimento dos escorpiões.

 

Como a espécie se alimenta de pequenos insetos, principalmente de baratas, que costuma encontrar em abundância em alguns locais, os pontos de despejo irregular de lixo, entulho e material de construção acabam se tornando o ambiente ideal para sua proliferação. Por isso, é muito importante que cada um cuide do entorno de sua casa.

 

Além disso, os técnicos da Saúde explicam que todo animal tem um hábitat natural, o que não é diferente com os escorpiões, os quais passaram a conviver com o homem depois que as moradias invadiram seu espaço. No entanto, a espécie somente sobe à superfície do solo para se reproduzir e não permanecerá neste ambiente se não encontrar abundância de insetos e baratas. Por isso, a limpeza é fundamental para combater o problema.

 

 

Os escorpiões são considerados animais peçonhentos, pois possuem veneno e podem inoculá-lo através do ferrão. O quadro clínico do envenenamento pode variar, pois depende de fatores como a espécie do escorpião, a quantidade de veneno inoculado, a idade e a massa corpórea da vítima, sendo crianças e idosos os grupos mais vulneráveis.

 

Em caso de acidente, a pessoa deve procurar imediatamente o serviço de saúde mais próximo. Se encontrar um escorpião em sua residência, a orientação é para entrar em contato com o Centro de Controle de Zoonoses pelo telefone 2436-3666.