Prefeitura lança vídeo para alertar sobre acidentes com escorpiões

0
132

 

A Prefeitura de Guarulhos lançou um vídeo em suas redes sociais para alertar a população sobre a prevenção de acidentes com o escorpiões. O material mostra detalhes de como age o animal artrópode invertebrado que se finge de morto, mas, quando é molestado, reage prontamente e ataca a vítima.

 

 

De janeiro a outubro deste ano foram registrados 19 casos de acidentes com escorpiões, o que representa uma diminuição de 73% em relação ao ano anterior, quando 70 casos foram registrados . Tal diminuição pode ser atribuída a uma série de fatores, como medidas de prevenção e controle de pragas, além de uma maior conscientização do público sobre como se proteger do animal peçonhento. No entanto, é importante continuar mantendo a vigilância para evitar que esses números aumentem novamente.

 

Os escorpiões são predadores, alimentam-se principalmente de insetos como baratas e outros invertebrados. Têm como inimigos naturais algumas aves, répteis (lagartos e lagartixas), anfíbios e algumas espécies de aranhas. Escorpiões podem ser encontrados nas cidades, ocorrendo em áreas verdes, parques, cemitérios, terrenos baldios, linhas de trem, galerias de esgoto e águas pluviais, instalações elétricas e também em meio a materiais de construção e entulho.

 

Os acidentes são mais frequentes na primavera e no verão, quando há o aumento natural da população em função do período de reprodução. Picadas geralmente ocorrem como estratégia de defesa, quando o animal é pressionado contra o corpo da vítima.

 

Medidas preventivas de controle

 

1) Manter limpo quintais, jardins, sótãos, garagens e depósitos, evitando acúmulo de folhas secas, lixo e demais materiais como entulho, telhas, tijolos, madeiras e lenhas;

2) Examinar calçados, roupas e toalhas antes de usá-los;

3) Manter berços e camas afastados das paredes;

4) Ao manusear materiais de construção, usar luvas de raspa de couro e calçados, preferencialmente botas;

5) Rebocar paredes e muros que apresentem vãos e frestas;

6) Vedar soleiras de portas com rolos de areia;

7) Usar telas em ralos do chão, pias e tanques;

8) Acondicionar o lixo em recipientes fechados para evitar baratas e outros insetos que servem de alimento aos escorpiões;

9) Realizar roçagem regular de terrenos;

10) Evitar acúmulo de lixo ou entulho perto de casa.

 

Em caso de acidentes, deve-se procurar a unidade de saúde mais próxima da residência o mais rápido possível. Crianças e idosos são os grupos mais vulneráveis.

 

PESA – Ponto Estratégico de Soro Antiveneno

Adultos HMU (avenida Tiradentes, 3.392 – Jardim Bom Clima) e Hospital Municipal da Criança e Adolescente (HMCA) (rua José Maurício, 191, Centro).

 

Em caso de detecção de escorpiões, entrar em contato com o Centro de Controle de Zoonoses, de segunda a sexta-feira, da 8h às 17h, pelo telefone (11) 2436-3666.