Prefeitura entrega piscinão da Vila Galvão neste sábado

0
608

 

O prefeito Guti entrega a Guarulhos neste sábado (17) o Reservatório de Controle de Cheias na Bacia Hidrográfica do Córrego Jacinto, conhecido por piscinão da Vila Galvão. A obra, que visa resolver um antigo problema de enchentes na região, foi iniciada em 2011 e seguia a passos lentos, até a retomada dos esforços para sua conclusão desde o início da atual gestão. A cerimônia de inauguração terá início às 14h, na rua Francisco Conde esquina com a rua Ceará, na Vila Rosália.

 

 

O piscinão irá beneficiar diretamente 3 mil famílias residentes na região. A capacidade de armazenamento do complexo é de 30.000 m3, o equivalente a 3 mil caminhões pipa, numa área de 2,5 mil m2, com profundidade média de 12 metros. A estrutura conta com 2,7 km de galerias de 2m2, que fazem a ligação da mesma com o rio Cabuçu de Cima, e com três bombas com capacidade de escoamento de 400 litros por segundo para o esvaziamento do reservatório.

 

Iniciada em 2012, o custo total do reservatório foi de cerca de R$ 24 milhões, sendo R$ 22,5 milhões em recursos federais disponibilizados através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), e o restante bancado pela Prefeitura. O projeto básico foi realizado pelo Departamento de Planejamento e Projetos da Secretaria de Obras, e o projeto executivo, bem como sua execução, pela Construtora Cronacron Ltda.

 

No pacote dessa obra, integram intervenções para readequação do sistema de drenagem próximo ao Lago dos Patos e recuperação de pavimentação nas ruas Campista, Gabriel Vasconcelos, dos Coqueiros, Francisco Gonzaga Vasconcelos, São Daniel, São Luiz, praça Cícero Miranda e na avenida Francisco Conde.

 

 

Reservatório de Controle de Cheias na Bacia Hidrográfica do Córrego Jacinto

 

Assinatura do contrato: 2011

Início das obras: 2012

Inauguração: 17 de março de 2018

Dimensões: 2,5 mil m2, profundidade média de 12 m2

Capacidade de armazenamento: 30 mil m3

Escoamento: 400 litros/seg

Investimento: R$ 24.071.306,53 (recursos federais) e R$ 1.554.071,22 (recursos municipais)