Onça-parda do zoológico realiza exames no hospital veterinário da UNG

0
105

 

Scott, a onça-parda moradora do Zoológico de Guarulhos, foi submetida a uma série de exames nesta terça-feira (11) para identificar o porquê de o animal estar mancando com a pata direita traseira, anomalia notada pelos olhos sempre atentos dos tratadores do zoo.

 

No Hospital Veterinário da Universidade Guarulhos (UNG), Scott foi examinado por um ortopedista e realizou uma série de raios X na pata. No local também foi colhido sangue do animal, que será examinado pela Aclivet Laboratório Veterinário, clínica veterinária parceira do zoo, sem nenhum custo à Prefeitura. Os procedimentos duraram duas horas e tiveram ainda a participação de veterinários do zoológico, anestesista e estagiários do curso de veterinária da UNG.

De acordo com os profissionais, nenhuma lesão significativa foi encontrada na região examinada, porém Scott está sendo medicado preventivamente e permanece em observação.

 

Parceria

A diretora do zoológico, Fernanda Magalhães, falou sobre a importância das parcerias para a complementação dos cuidados oferecidos no parque. “Somos extremamente agradecidos a todos os parceiros que possibilitam a realização de exames e procedimentos sem nenhum custo, o que ajuda muito a complementar os cuidados com a saúde e o bem-estar dos animais do zoológico. Nesse caso, a pronta atenção oferecida pela UNG, que cedeu espaço, exames e profissionais gratuitamente, foi fundamental para tratarmos Scott rapidamente”, avalia Fernanda.

Para Lourival Belisário, gestor do Hospital Veterinário da UNG, receber Scott foi uma experiência enriquecedora. “Para nós foi um prazer ter aqui um animal desse nível, algo bastante enriquecedor porque vai além do habitual, que são gatos e cachorros. Cuidar de animais como o Scott e outros silvestres é muito importante para o aperfeiçoamento do nosso trabalho de residência, composto hoje por 20 médicos em diversas especialidades. Por isso, pretendemos formalizar e ampliar nossa parceria com o zoo”.

 

 

Scott

A onça-parda Scott chegou ao Zoológico de Guarulhos em julho de 2020, ainda bebê, após ser resgatada de região de queimadas no interior do estado de São Paulo. Bastante debilitado, Scott precisou de cuidados intensivos para sobreviver. Atualmente ele divide um amplo recinto com outra onça-parda, o Logan, que também chegou ao zoo após ser resgatado em condições semelhantes. As onças não puderam ser reintegradas à natureza devido ao intenso contato com seres humanos no início de suas vidas.

 

 

A espécie

A onça-parda (Puma concolor) é o mamífero terrestre com a maior distribuição geográfica no Ocidente, sendo encontrada desde o Canadá até o extremo sul do Chile. É capaz de sobreviver em áreas alteradas pelo homem, como pastagens e cultivos agrícolas. A onça-parda pode chegar a 1,55 metro de comprimento e a pesar 72 kg. A espécie possui as mais longas patas traseiras dentre os felinos e vive, em média, entre 7,5 e nove anos. É um animal solitário e mais ativo à noite.