Nova etapa de operação contra crimes patrimoniais faz 11 prisões em flagrante

0
97

 

Uma nova fase da operação integrada contra crimes patrimoniais prendeu 11 indivíduos em flagrante e apreendeu dois quilos de entorpecentes, uma arma de fogo e quatro máquinas caça-níqueis nesta quinta-feira (7). Na ocasião, 109 agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarulhos, da Polícia Civil e da Polícia Militar se locomoveram em 46 viaturas pelo bairro Sítio São Francisco e também bloquearam estrategicamente as avenidas Brigadeiro Faria Lima, Otávio Braga de Mesquita e José Brumatti, além da estrada da Água Chata.

 

 

Dentre as prisões, sete foram por tráfico de entorpecentes, uma por furto, duas por receptação, uma por porte de arma de fogo e outra referente ao cumprimento de mandado de prisão. Ao todo foram vistoriados 251 veículos e consultados os dados de 355 pessoas.

 

Integração

 

Essa é a terceira etapa da operação, que já soma 22 prisões em flagrante desde 25 de março. “As forças policiais atuantes em Guarulhos têm uma excelente relação e trabalham em conjunto em diversas operações, estudos e capacitações, sempre com o mesmo objetivo em comum: proteger o cidadão”, comentou o secretário municipal para Assuntos de Segurança Pública, Márcio Pontes.

 

O delegado titular da Delegacia Seccional de Guarulhos, José Aparecido Sanches Severo, complementou a avaliação positiva sobre a integração. “As forças policiais integradas sempre produzem excelentes resultados. Vamos dar continuidade a essa parceria estratégica para enfrentar a criminalidade e proporcionar mais segurança à sociedade”, enfatizou.