Mutirão da saúde leva orientações às vítimas das enchentes

0
67

 

Na última sexta-feira (25), alguns bairros foram fortemente atingidos pelas chuvas ocorridas em Guarulhos, que deixaram diversas residências inundadas. Com isso, várias pessoas perderam móveis, roupas, alimentos e até receitas e medicamentos. Na manhã do sábado (26), enquanto o prefeito Guti, servidores e voluntários se reuniram no Bosque Maia, onde um posto foi montado para arrecadar donativos para as vítimas, uma grande equipe da Secretaria de Saúde percorria os bairros mais atingidos para prestar atendimento às famílias. O plano de ação criado pela Pasta incluiu a vistoria de casas afetadas, orientações em saúde, além de prescrição de receitas médicas e entrega de remédios.

 

 

Cerca de 60 pessoas, entre servidores e voluntários participaram da ação na Região de Saúde mais afetada, a São João/ Bonsucesso, divididos em dez equipes, que ficaram responsáveis em visitar os bairros Haroldo Veloso, Soberana, Allan Kardec, Presidente Dutra, Santa Paula, Jd Hanna, Seródio, Vila Nova Bonsucesso, São João e Jardim Bananal. Centenas de casas foram vistoriadas e a secretária de Saúde, Ana Cristina Kantzos da Silva, e a diretora da regional, Alessandra Aparecida de Oliveira, acompanharam as visitas.

 

Nos locais foram levantadas as principais necessidades dos moradores que, em sua maioria, perderam colchões, roupas, fogão, geladeira e alimentos. A diretora da região de saúde informou que uma enfermeira e um médico também participaram das visitas. “As equipes levantaram prontuários, tiraram cópia de alguns deles, emitiram segunda via de prescrições médicas e se dirigiram até o Cemeg São João para trocar e prescrever receitas. Em seguida, os medicamentos foram levados para os pacientes em suas residências. A própria secretária de Saúde, que é médica, prescreveu receitas”, conta Alessandra.

 

Como em situações de enchente é possível que a água e os alimentos não estejam em condições adequadas para o consumo, as equipes forneceram hipoclorito de sódio e orientaram os moradores para que fosse realizada a higienização tanto da água quanto das embalagens, recipientes e utensílios, além de frutas, verduras e legumes.

 

Os grupos ainda fizeram orientações sobre os riscos de contrair doenças como dengue, febre amarela, hepatites e, principalmente leptospirose, eliminada geralmente pela urina de ratos. “É muito importante manter-se alerta, pois o risco de se contrair essa doença é alto quando em contato com água, lama ou objetos que possam manter resíduos de enchentes”, destacou a diretora da região de saúde.

 

As ações continuam. Nesta segunda-feira (28), a UBS Soberana realizou vacinação extra-muro de Febre amarela, tétano e difteria em uma área do território. Vale ressaltar que as vítimas das enchentes terão prioridade nas Unidades Básicas de Saúde da região e no Cemeg São João, onde também estão sendo recebidas doações para as vítimas das enchentes.