Monólogo encenado em cubo acrílico nesta terça

0
690

 

No palco, um cubo acrílico e um personagem que narra sua história enquanto toma banho. É nesta atmosfera que o público poderá conferir o monólogo Osmo, com sessão única nesta terça-feira, 17, às 20h, no Teatro Nelson Rodrigues. A entrada é franca.

 

 

Baseada no conto homônimo de Hilda Hilst, a peça, dirigida por Suzan Damasceno, estreou em março do ano passado na Capital. É encenada por Donizeti Mazonas e conta com participação especial da atriz Érica Knapp.

 

Na montagem, Donizeti vive Osmo, um homem de meia idade, aparentemente sarcástico e amoral que vai pouco a pouco se revelando cada vez mais macabro. “Osmo é um anti-herói que busca compreender a dimensão da vida e da morte. Pensa unicamente em satisfazer os seus desejos, sem a interferência de uma moral que ponha freios aos seus instintos. Contudo, busca em seus atos de horror a transcendência estética. Seu intento narrativo expõe tudo o que ele tem de humano, e isso implica percorrer os caminhos do bem e do mal”, explica o intérprete.

 

Osmo é o segundo conto do livro Fluxo-Floema (1970), de Hilda Hilst. Nos cinco contos que compõem a obra, Hilda insiste em enfatizar o sujeito e o jogo psicológico deste. Presos às suas divagações, eles buscam comunicar ao outro aquilo que sentem e pensam.

 

Contemplada pelo Programa de Ação Cultural (ProAC), da Secretaria de Estado da Cultura, a apresentação conta com o apoio da Secretaria de Cultura de Guarulhos, por intermédio da Escola Viva de Artes Cênicas.

 

Serviço

 

Espetáculo Osmo, de Hilda Hilst – com Donizeti Mazonas; participação especial de Érica Knapp

 

Terça-feira, dia 17, às 20h

Teatro Nelson Rodrigues – rua dos Coqueiros, 74, Vila Galvão

Espetáculo recomendado para maiores de 18 anos

Entrada franca. Retirada de ingressos uma hora antes da apresentação

 

Fonte: Prefeitura de Guarulhos