Megablitz da Lei Seca autua 58 e detém 12 motoristas no final de semana em Guarulhos

0
316

 

A Prefeitura de Guarulhos participou neste último final de semana da Ação Integrada da Blitz da Lei Seca, que resultou em dezenas de autuações e a detenção de motoristas flagrados alcoolizados ao volante. A operação foi deflagrada na sexta-feira (17) e se encerrou no domingo (19), mobilizando a  Secretaria de Transportes e Trânsito, a Guarda Civil Municipal, a Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar e Civil.

 

 

Durante essa ação, considerada a maior já realizada no combate à embriaguez ao volante, foram fiscalizados 493 veículos, recolhidas 40 CNHs, autuados 101 motoristas, sendo 58 deles autuados por embriaguez ao volante, e 12 condutores detidos enquadrados no art. 306 do Código de Trânsito Brasileiro – Conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool, com penas de detenção de seis meses a três anos, mais multa e suspensão da habilitação.

 

Antes da fiscalização efetiva, na sexta-feira, foi desenvolvida uma blitz educativa e de conscientização nos bares e restaurantes da cidade. Nessa atividade, cerca de 300 pessoas foram informadas sobre os índices relacionados à mortalidade ocasionada por acidentes de trânsito e, de suas principais causas, dentre as quais a alcoolemia ao volante. Os bafômetros passivos e ativos foram utilizados para demonstração do grau de alcoolemia dos clientes, bem como foi feita a explicação sobre o aumento do risco de envolvimento num acidente de trânsito em situação de embriaguez, e das suas consequências administrativas e penais caso viessem a serem flagrados conduzindo um veículo. Na oportunidade, ainda foram distribuídos kits com lixocar e panfletos com a temática da Lei Seca.

 

Já na noite de sábado e na madrugada de domingo, 67 policiais, agentes de trânsito e guardas civis municipais patrulharam com 31 viaturas diversos pontos da cidade, tanto em avenidas quanto em rodovias que cortam o município e desencadearam a operação fiscalizatória.

 

Para esse trabalho foram utilizados bafômetros passivos de última geração para triagem nos bloqueios viários e identificação de condutores que ingeriram bebida alcoólica. Esse tipo de equipamento possibilita a realização de até seis testes por minuto, o que gera uma grande celeridade e dinamicidade à ação fiscalizatória. Após a triagem, a confirmação é feita com utilização de etilômetros ativos para certificação dos testes.