HMU pode reabrir amanhã

0
1333

 

Com o prazo de 48 horas para realizar a limpeza e a desinfecção da bactéria acinetobacter baumannii no Hospital Municipal de Urgências (HMU), a Secretaria de Saúde poderá reabrir o hospital somente depois que a Vigilncia Sanitária fizer nova avaliação no local.

 

 

Na noite de terça-feira, 23, após a Vigilância Sanitária identificar a presença do micróbio na ala de observação do pronto socorro do hospital, a secretaria de Saúde confirmou a morte de quatro pessoas contaminadas pelo germe.

 

Os responsáveis também disseram que não há mais suspeitas de mortes por conta do microrganismo, mas reiterou que os 30 pacientes transferidos do setor para outras unidades do sistema Único de Saúde (SUS) estão sob observação e fizeram exames que ficarão prontos na próxima semana. Duas dessas pessoas apresentam sinais de contaminação.

 

Pessoas que apresentam quadros graves de saúde estão com maiores risco de contrair a doença que apresenta como sintomas mais comuns a infecção de pele e pneumonia. A bactéria é multiresistente a antibióticos, mas não é uma superbactéria, que exigiria tratamento com medicamentos ainda mais fortes.

 

A pasta também informou que realizará treinamento e capacitação dos funcionários para a intensificação de medidas preventivas de controle de infecção.

 

Fonte: Folha Metropolitana