Guarulhos retoma Zona Azul na terça-feira de forma experimental e sem cobrança

0
200

 

A partir da próxima terça-feira (6) a Zona Azul volta a operar em Guarulhos, de forma experimental e sem cobrança aos usuários. Nesta primeira fase, um grupo de monitores irá orientar os motoristas sobre como proceder quando o serviço estiver efetivamente ativo e o pagamento for obrigatório.

 

Foto: Sidnei Barros/PMG

 

A Zona Azul está totalmente digitalizada e vai oferecer 2.994 vagas rotativas. Por meio de um aplicativo, os motoristas poderão reservar uma vaga por até duas horas, com um tempo mínimo de 30 minutos.

 

Na segunda fase, a partir de 15 de julho, quando o serviço começar a ser pago, os usuários irão usufruir de muitas facilidades. A empresa Estacionamento Digital, que é responsável pelo serviço, desenvolveu um aplicativo que auxilia o dia a dia dos usuários ao fornecer desde informações em tempo real aos motoristas sobre os locais com vagas disponíveis até o gerenciamento da forma de pagamento. 

 

 

Cada usuário poderá escolher a forma de utilizar o estacionamento rotativo. A opção mais simples, e 100% online, é pelo aplicativo, disponível para Android e iPhone. O processo é simples: basta efetuar o cadastro, comprar créditos e começar a usar a Zona Azul.

 

 

O aplicativo gera benefícios como agilidade, segurança e controle total sobre o pagamento, que pode ser feito com cartão de crédito, débito ou ainda por pix.

 

Além disso, utilizar o aplicativo garante a vantagem de contar com um sistema de lembretes que notifica o usuário alguns minutos antes de se esgotar o tempo de estacionamento e permite a renovação do período (de acordo com as regras de cada tipo de vaga). Também há a possibilidade de consultar históricos e regularizar notificações, tudo de forma simples e prática. 

 

O novo sistema de Zona Azul prevê ainda os monitores, que irão trabalhar nas ruas para atender o público ao oferecer a vaga virtual, que pode ser paga com cartão de débito, crédito ou em dinheiro. O valor do serviço será de R$ 1,75 por meia hora, R$ 3,50 pelo período de uma hora e R$ 7 para o uso da vaga por duas horas.