Guarulhos promove curso de língua portuguesa aos imigrantes e refugiados

0
217

 

O Centro de Apoio e Pastoral do Migrante (Cami) promoveu na quarta-feira (2) aula inaugural do curso de língua portuguesa para imigrantes e refugiados. A atividade conta com parceria da Prefeitura de Guarulhos por meio da Subsecretaria da Igualdade Racial e da Secretaria da Educação.

 

 

Considerado uma ação inovadora, o curso tem por objetivo a efetiva inclusão e integração dos imigrantes e refugiados na cidade, respeitando suas origens e especificidades. “Aprender o idioma local é uma das principais necessidades dos imigrantes e refugiados que chegam a um novo país. Esse aprendizado, além de possibilitar a compreensão e a comunicação direta, proporciona ainda a troca de experiências, a valorização pessoal e cultural e a inserção no mercado de trabalho. Portanto, essa parceria é de grande importância”, enfatizou o subsecretário da Igualdade Racial, Anderson Guimarães.

 

Na oportunidade, o coordenador do Cami, Roque Pattussi, falou das dificuldades em deixar o país de origem, a família, os amigos e migrar para outro destino. “A primeira dificuldade é a comunicação,saber os seus direitos, quais os documentos necessários no país para regularizar a situação. Portanto, esta parceria entre a Prefeitura de Guarulhos e o Cami é importante para os imigrantes e refugiados, em especial os haitianos, que estão em maior número nessa região. É fundamental aprender a língua portuguesa para que possam diminuir as dúvidas e os sofrimentos e também se apropriar dos direitos que têm no Brasil”, salientou Tattussi.

 

Serviço

 

O curso será realizado sempre às quartas-feiras, das 19h30 às 21h30, na EPG Professora Sílvia de Cássia Matias (rua Conceição da Barra, s/nº, Jardim Santa Inês)