Gru Sinfônica estreia obra inédita com o Quarteto de Violões Quaternaglia

0
130

 

A Temporada 2021 das orquestras de Guarulhos apresenta mais um espetáculo da série Novos Talentos e Descobertas, dedicada a apresentar ao público toda a expressividade dos novos talentos da música sinfônica. No próximo sábado (19), às 19h, a Orquestra Gru Sinfônica apresenta a estreia de Song of the Universal, do compositor Sérgio Molina, em concerto digital com a participação do Quarteto de Violões Quaternaglia e o pianista Rogério Zaghi. Iniciativa da Prefeitura, por meio das secretarias de Educação e Cultura, o evento é transmitido pelas redes sociais das orquestras no YouTube, Facebook e Instagram.

 

Além da estreia da 1ª audição mundial de Song of the Universal, o programa do concerto conta com a execução da Abertura sobre Temas Hebreus, Op. 34bis, do compositor russo Serguei Prokofiev, sob regência do maestro Kevin Camargo, e da Suíte Pelleas et Melisande, Op. 80, do compositor, organista, pianista e professor francês Gabriel Fauré.

 

 

A estreia

Song of the Universal, de Sérgio Molina, é uma composição original para quinteto, quatro violões e um piano. Ela foi encomendada pelo pianista James Dick, do Round Top Festival Hill, e estreou em 2018 em três concertos no estado do Texas, nos Estados Unidos, com o Quarteto de Violões Quaternaglia. O compositor Sergio Molina explica que, em 2019, recebeu o convite do maestro Emiliano Patarra para a realização de uma nova composição, adaptada para atender ao formato de concerto com a Orquestra Gru Sinfônica.

“A música foi totalmente reestruturada, buscando os diálogos entre a sonoridade total da orquestra, mas também de seus naipes particulares, metais, cordas, madeiras, percussão com os solistas, e nessa ocasião poderá contar novamente com o Quarteto de Violões Quaternaglia e o Rogério Zaghi ao piano. A expectativa para essa estreia é muito grande, especialmente porque se trata de uma peça nova, baseada em um poema do americano Walt Whitman, mas composta de acordo com o pensamento composicional do século XXI, no contexto da pandemia e, por isso, envolve tanto momentos delicados, com certa introspecção e explosões rítmicas em tutti. Nesse sentido, técnicas consagradas da música orquestral e contemporânea dos séculos XIX e XX encontram-se justapostas e fundidas com as complexidades rítmicas da música popular urbana, mas sempre num diálogo com as imagens poéticas do poema”, explica Molina.

Para o compositor, que é coordenador da área da música na Faculdade Santa Marcelina, a estreia da obra com a Gru Sinfônica, uma orquestra recém-criada, é motivo de grande alegria. “Com tão pouco tempo de existência, a Gru Sinfônica surpreende com uma sonoridade muito consistente e toda essa liderança, entusiasmo e técnica do maestro Emiliano Patarra são elementos essenciais para o sucesso dessa grande empreitada”.

 

 

Instrumentistas

Um dos mais importantes quartetos de violões da atualidade, o Quaternaglia é formado pelos violonistas Chrystian Dozza, Fabio Ramazzina, Thiago Abdalla e Sidney Molina. Aclamado pelo elevado nível técnico de seu trabalho camerístico e por sua relevante contribuição para a ampliação do repertório, o quarteto conta com uma trajetória de mais de 25 anos de atuação. Nesse percurso, estabeleceu um cânone de obras originais e arranjos audaciosos, que incluem a valiosa colaboração com compositores como Leo Brouwer, Almeida Prado, Egberto Gismonti, Sergio Molina, Javier Farías e Paulo Bellinati.

Pianista Rogério Zaghi

 

Para completar a 1ª Audição Mundial de Song of the Universal, a Orquestra Gru Sinfônica convida ainda o pianista Rogério Zaghi, coordenador dos programas educacionais da Osesp e diretor da Academia de Música daquela orquestra, a principal academia de formação da América Latina.

De acordo com o maestro Emiliano Patarra, a participação na criação e estreia de Song of the Universal garante que as orquestras de Guarulhos continuem o debate estético em que são traçados os rumos da linguagem da música de concerto, tanto no país quanto no mundo, além de seu papel na sociedade.

“Fazer uma obra para uma formação absolutamente inédita possibilita a aproximação do solista, do compositor e da orquestra com o público. Nesse sentido, esse espetáculo consolida outra faceta da Temporada 2021 ao propiciar o contato do público com a produção mais recente de compositores ligados ao mundo sinfônico”, afirma Patarra.

Para mais informações e detalhes da Temporada 2021 das orquestras de Guarulhos acesse https://bit.ly/3oRBVvb.

Para mais informações sobre eventos culturais online em Guarulhos acesse www.guarulhos.sp.gov.br/agendacultural.

 

 

Serviço

Gru Sinfônica apresenta Série Novos Talentos e Descobertas

 

Data: sábado, 19 de junho

Horário: 19hs

 

Acesso pelas redes sociais das orquestras de Guarulhos

YouTube: www.youtube.com/channel/UCS9r_T3pJEr2wnZreRGSo1g

Facebook: www.facebook.com/ojmguarulhos/

Instagram: https://www.instagram.com/orquestrasdeguarulhos/