GCM efetua primeira prisão por meio do aplicativo SOS Mulher para vítimas de violência doméstica

0
60

 

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarulhos prendeu nesta terça-feira (30), no Recreio São Jorge, a primeira pessoa por meio do botão SOS Mulher, um aplicativo que permite às quase 300 vítimas de violência doméstica assistidas pela Patrulha Maria da Penha acionar uma viatura com apenas um toque. O acusado foi detido em flagrante por descumprir a medida protetiva em menos de 20 minutos após o acionamento de sua ex-companheira.

 

Foto: Fábio Nunes Teixeira/PMG

 

A equipe, que já realiza patrulhamentos e visitas rotineiras às assistidas, encaminhou a vítima e o homem ao 7° Distrito Policial, onde a autoridade de plantão tomou ciência dos fatos e lavrou boletim de ocorrência por descumprimento de medida protetiva de urgência. Ele ficou detido e à disposição da Justiça.

 

Aplicativo SOS Patrulha Mulher

 

O aplicativo SOS Patrulha Mulher, uma tecnologia da equipe fiscalizadora de medidas protetivas da Guarda Civil Municipal, a Patrulha Maria da Penha, dispara um sinal sonoro nos computadores da central de atendimento da GCM no Centro de Operações e Inteligência (COI) de Guarulhos quando as cadastradas clicam no botão “pedir ajuda”.

 

O alerta indicará às equipes a localização da solicitante por meio do sistema de georreferenciamento implantado no aplicativo. Dessa forma, a viatura mais próxima será encaminhada para socorrê-la e efetuar a prisão do agressor.