GCM apreende 320 kg de materiais para fabricação de cerol no Jardim Irene

0
74

 

Nesta sexta-feira (23) a Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarulhos apreendeu 320 kg de composto de cola resinada e pó de vidro no Jardim Irene, que seriam utilizados na fabricação de cerol para linhas de pipa, tornando-as cortantes, perigosas e até fatais. A Inspetoria Ambiental localizou os produtos em uma residência que servia de ponto de vendas.

 

 

O infrator, proprietário da residência, estará sujeito ao pagamento do valor correspondente a 800 UFGs (R$ 3.444), conforme relatório e boletim de ocorrência lavrados pelos agentes da GCM.

 

As linhas cortantes com cerol ou chilena são fortemente combatidas, pois têm causado lesões gravíssimas tanto no corpo humano como em animais, mutilando e levando à morte. A GCM é um dos agentes fiscalizadores da lei municipal 7.302/2014, que proíbe a comercialização, a fabricação e a utilização do cerol industrializado ou caseiro na cidade.

 

Após apreendidos, os produtos são destinados ao órgão competente por sua destruição de maneira a não causar contaminação do solo ou do lençol freático, conforme nova redação dada pela lei 7.768/2019.