GCM Ambiental e Proteção Animal prendem casal e apreendem 52 animais silvestres em feira no Taboão

0
73

 

Após três meses de investigações, uma ação conjunta entre o Departamento de Proteção Animal (DPAN) de Guarulhos e a Inspetoria Ambiental da Guarda Civil Municipal (GCM) prendeu em flagrante neste sábado (23), na feira da praça Oito de Dezembro, no Taboão, um casal em posse de oito tartarugas-tigre, 16 jabutis-piranga e 28 iguanas, duas maquininhas de cartão e 990 reais em dinheiro. Um dos casais de répteis estava submetido à exposição com o objetivo de comercialização.

 

 

Após diversas tentativas de realizar o flagrante, desta vez agentes à paisana e servidores do DPAN acompanharam a movimentação dos suspeitos no local e acionaram reforços para concretizar a prisão. “A pronta adesão do secretário (para Assuntos de Segurança Pública), Marcio Pontes, que acionou a inteligência da GCM, foi fundamental para o sucesso da operação, assim como a dedicação da nossa equipe, que compareceu à feira em vários sábados para verificar a veracidade das denúncias que recebemos”, afirmou Juliana Kopczynski, diretora do DPAN.

 

Os suspeitos foram encaminhados ao 7° Distrito Policial para conhecimento da autoridade de plantão, onde foi lavrado boletim de ocorrência por crime ambiental consumado com base na lei 9.605/98, artigo 29, cuja pena é detenção de seis meses a um ano e multa.

 

Os animais foram remanejados ao Centro de Triagem e Recuperação de Animais Silvestres (Cetras/SP), onde passam por reabilitação psíquica, física e comportamental para posterior reinserção em seus habitats.