Estuprador leva tiro mas escapa

0
1901

 

O serralheiro Jorge Luiz Gomes, 34, está internado no Hospital Geral de Guarulhos (HGG) após ser baleado na testa por um policial militar do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), da Polícia Militar. O homem invadiu uma residência no domingo, 28, armado com dois revólveres calibre 32, e manteve como reféns duas mulheres (das quais uma foi violentada sexualmente), uma criança e um homem. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, Gomes não corre risco de morrer.

 

estuprador-guarulhos

Sem risco – Bandido foi levado para o Hospital Geral de Guarulhos (HGG), no Parque Cecap, e deve ficar preso (Foto: Silvio Cesar)

 

Segundo relatado pela moradora da casa, de 33 anos, após ela voltar do supermercado com uma amiga, por volta das 15h de domingo, o suspeito conseguiu invadir a casa, onde estava o filho de 8 anos da mulher.

 

O trio foi rendido e levado para um quarto, onde foi amarrado. Após constatar que não havia dinheiro na casa, Gomes teria levado a moradora para um banheiro, onde a violentou sexualmente. Cerca de 15 minutos depois, ele teria levado a mulher até o quarto e continuado a estuprá-la, em frente ao filho dela.

 

O marido da mulher iria almoçar em casa e desconfiou da movimentação. Ele também foi rendido. Outro parente também desconfiou da movimentação na residência e acionou a Polícia Militar.

 

Após tiro de suspeito, Gate invade casa e o neutraliza

 

A princípio, dois policiais assumiram as negociações, até a chegada do Gate.

 

Quando percebeu que policiais se movimentavam no telhado da casa, Gomes teria dado um tiro ao alto. Por isso, o grupo especial da PM invadiu o imóvel e um sargento atirou uma vez contra o suspeito, que foi ferido na testa.

 

Gomes foi encaminhado ao HGG, onde permanecia internado, sob escolta policial, até a conclusão desta reportagem.

 

Segunda a Secretaria Estadual de Segurança Pública, os roubos em geral aumentaram 72% em Guarulhos quando comparamos os 2.469 casos registrados entre janeiro e maio de 2014 com os 4.260 do mesmo período deste ano.

 

Fonte: Folha Metropolitana