Estado libera 50 mil doses contra a febre amarela para Guarulhos

0
1201

 

Por meio de uma ação cautelar preventiva, tendo em vista que Guarulhos permanece fora da área de risco com recomendação vacinal, o governo do Estado acolheu a solicitação da Secretaria Municipal de Saúde e liberará 50 mil doses da vacina contra a febre amarela, para imunizar exclusivamente, neste momento, os moradores de três bairros limítrofes com a região de mata da zona norte de São Paulo: Cambará, Recreio São Jorge e Cabuçu.

 

Foto: Fábio Nunes Teixeira / PMG

 

Sendo assim, neste sábado (28) as Unidades Básicas de Saúde (UBS) Cambará, Recreio São Jorge e Cabuçu vão funcionar das 10 às 16 horas, para dar início à imunização dos moradores desses bairros, iniciativa que terá continuidade na próxima semana.

 

A Secretaria de Saúde ainda informa que a vacina contra a febre amarela é administrada em dose única. Portanto, crianças e adultos que já tomaram uma dose, não precisam mais se imunizar contra a doença ao longo da vida. Por isso, é fundamental que a pessoa leve a carteirinha de vacinação à UBS.

 

É importante observar também que a vacina não deve ser aplicada em gestantes, mulheres que estejam amamentando, portadores de doença autoimune, sendo que pessoas com mais de 60 anos devem apresentar a prescrição médica.

 

Até o momento não foi registrada nenhuma ocorrência de morte de macaco no território de Guarulhos. No entanto, como medida preventiva, a Secretaria do Meio Ambiente está colocando telas antimosquitos nos recintos dos primatas do Zoológico Municipal.

 

Também como forma de prevenção, a Secretaria de Saúde recomenda que a população mantenha distância das matas, uma vez que as pessoas que contraíram febre amarela no Brasil até hoje residiam em área rural ou adentraram em ambientes florestais e não eram vacinadas contra a doença. Portanto, os casos registrados no país foram todos de febre amarela silvestre e não urbana, cuja última ocorrência foi em 1942.