Entorpecentes e celular são flagrados em correspondências enviadas a unidades prisionais de SP

0
96

 

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa sobre apreensões de ilícitos em unidade prisional da Grande SP.

 

Capital

 

Os agentes de segurança do Centro de Detenção Provisória de Vila Independência apreenderam 156 gramas de material análogo à cocaína escondido dentro de 20 maços de cigarros. O flagrante aconteceu na última segunda-feira (10), enquanto os servidores revistavam uma correspondência remetida pela mãe de um detento.

 

O material apreendido foi encaminhado ao 56° Distrito Policial da Capital para registro de boletim de ocorrência.

 

Guarulhos

 

No Centro de Detenção Provisória II de Guarulhos, os agentes de segurança encontraram suposto entorpecente K4 em três correspondências diferentes. Ao todo, foram 223 pedaços de papelão na cor amarela apreendidos pelos servidores de plantão. Os flagrantes aconteceram durante revista das correspondências recebidas a partir do raio-x. Em todos os casos os supostos entorpecentes estavam escondidos em filtros de cigarros.

 

 

Nesta quarta-feira (12), pela manhã, foi encontrada uma placa de celular e um chip de telefonia escondidos dentro de uma bola de futebol, enviada a um preso pela sua mãe, via sedex. A apreensão foi realizada enquanto os servidores revistavam a caixa de correspondência, a partir do aparelho raio-x.

 

As apreensões realizadas na unidade prisional foram encaminhadas ao Distrito Policial mais próximo para providências e registro de boletim de ocorrência.

 

São Bernardo do Campo

 

Na última terça-feira (11), no Centro de Detenção Provisória de São Bernardo do Campo, houve o flagrante de sete supostos ilícitos tipo K4 dentro de correspondência enviada a um preso da unidade prisional. As tiras de papel estavam escondidas no cós de uma calça remetida via correio junto a outros objetos.

 

A apreensão foi registrada no 8° Distrito Policial de São Bernardo do Campo.