Entorpecentes e aparelho celular são encontrados em correspondências enviadas a presídios da Capital e da Grande SP

0
135

 

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa sobre as apreensões de ilícitos, ocorridas nos últimos dias, em unidades prisionais da Capital e da Grande São Paulo.

 

Guarulhos

 

Na última quinta-feira (2), a revista de rotina da Penitenciária “Desembargador Adriano Marrey” de Guarulhos impediu a entrada de dois pedaços de papel com características da droga sintética K4. O material estava escondido em um par de tênis foi enviado ao presídio pelo pai de um sentenciado.

 

As apreensões foram encaminhadas ao 8º Distrito Policial da cidade.

 

Capital

 

Na última terça-feira (30 de junho), agentes de segurança do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Vila Independência, na Zona Leste da Capital, encontraram um aparelho de telefonia celular oculto no interior de um pote de doce de leite. O objeto, enviado via correio pela esposa do detento, continha ainda uma bateria e um chip telefônico.

 

Já nesta data (03), ainda no CDP de Vila Independência, a mãe de um custodiado enviou entorpecentes escondidos em meio a outros objetos. Os agentes de segurança penitenciária de plantão encontraram um invólucro de substância característica à cocaína junto a um pacote de leite em pó, e três pedaços de papel laranja, supostamente droga K4, dentro de um livro.

 

Os casos foram registrados em boletins de ocorrência no 56º Distrito Policial da Capital.

 

Franco da Rocha

 

Na Penitenciária I “Mário de Moura e Albuquerque” de Franco da Rocha, nesta sexta-feira (03), agentes de segurança encontraram um pacote, pesando 44 gramas, de substância característica à cocaína. O entorpecente estava escondido no fundo falso de um pote de margarina. O alimento teria sido enviado ao custodiado por sua mãe.

 

A apreensão foi encaminhada ao Distrito Policial de Franco da Rocha para registro de Boletim de Ocorrência.