Encontro discute homofobia

0
1003

 

Com a apresentação de três painéis na parte da manhã, seguidos de debates e comentários, e outros três na parte da tarde, o Seminário “Superando a Homofobia: desafios para a Saúde e Educação” pretende promover a reflexão sobre as várias opções sexuais na sociedade moderna e analisar questões relacionadas ao preconceito, discriminação e direitos da camada da população formada por Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais (LGBT).

 

O evento acontece nesta quarta-feira, dia 20, das 8 às 17 horas, no Teatro Adamastor–Centro (avenida Monteiro Lobato, 734 – Macedo). Promovido pelas secretarias de Saúde e Educação, e também a secretaria estadual de Saúde através das Delegacias Regionais e Educação (DRE) Norte e Sul, integradas ao Grupo Gestor Saúde e Educação, do Programa Saúde na Escola (PSE), o Encontro é dirigido a coordenadores do PSE, professores e coordenadores pedagógicos das rede pública de ensino municipal e estadual, mediadores do Ensino Estadual e profissionais das secretarias de Saúde e Educação.

 

homofobia-guarulhos

 

A sensibilização de jovens e de trabalhadores de saúde e educação, o enfrentamento de preconceitos e discriminação, a proposta de construção da melhoria das práticas de saúde e educação associadas a essa questão, e ainda a orientação necessária para a defesa de direitos e garantias fundamentais da população LGTB são alguns dos tópicos previstos.

 

Atrações

 

Após o credenciamento dos participantes e a composição da Mesa Diretora, a primeira apresentação, às 9 horas, terá como tema: “Diversidade Sexual: avanços e retrocessos na conquista da cidadania LGBT”, com Ana Ferri Bastos.

 

Seguem-se: às 9h30 – “Vulnerabilidade social e bullyng homofóbico”, com o professor Marcos Cezar Freitas; e, às 10h45, “ Direito à Saúde, direito à Educação: a importância do uso do nome social para travestis e transexuais”, com Márcia Regina Giovanetti, com participações da professora Fernanda Vedrossi, e da assistente social Vera Aparecida dos Santos.

 

Na parte da tarde, será exibido o curta-metragem “Eu não quero voltar sozinho”, que promoverá debates com mediação de Alessandro Melchior, com temas versando sobre as situações do filme apresentado ao público.

 

Fonte: Prefeitura de Guarulhos