DST aumenta em Guarulhos

0
493

 

Dados da Secretaria de Saúde apontam um crescimento nos casos de doenças sexualmente transmissíveis (DST) registradas na cidade. Apesar dos valores de 2014 se tratarem de números parciais, enfermidades como a sífilis ultrapassaram as ocorrências anotadas nos anos anteriores.

Em todo o ano de 2012, a foram registrados 63 casos de sífilis em gestantes. No ano seguinte, o número subiu para 69 ocorrências. Já a parcial da Saúde de 2014, que não especifica o mês de fechamento dos dados, aponta 70 registros da doença.

 

dst-guarulhos

A síndrome da úlcera genital também aponta crescimento nos últimos anos. Em 2012 foram anotados seis casos contra 13 do ano seguinte. A parcial de 2014 também apontou 13 ocorrências da doença.

Outra DST que também chama a atenção pelos números é a síndrome do corrimento cervical em mulheres. As notificações parciais de 2014 constam 43 ocorrências, apenas duas a menos do que todo o ano anterior que fechou em 45 casos.

Já os casos de pessoas em tratamento contra o HIV-Aids também cresceram nos três últimos anos. Em 2012, as três unidades de atendimentos especializadas contabilizaram 3.026 pacientes contra 3.914 no ano seguinte. Já em 2014 os dados preliminares anotaram 4.169 atendimentos.

A Saúde admite o crescimento das DSTs no município e afirma que neste ano, estão previstas capacitações para profissionais das unidades de saúde com o objetivo de aumentar a oferta de diagnóstico e tratamento na Atenção Básica e reduzir a sub-notificação das doenças.

 

Fonte: Guarulhos Hoje