Defesa Civil lança Plano Verão para reduzir riscos durante a temporada de chuvas

0
271

 

A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec) ativou nesta sexta-feira (2), no Paço Municipal, a edição atual do Plano Preventivo de Proteção e Defesa Civil (Plano Verão), que visa a mitigar a possibilidade de prejuízos causados por fortes chuvas à população que vive em áreas de risco. Até março a força-tarefa irá monitorar constantemente os índices pluviométricos de toda a cidade, em especial bairros com declividade – propícios a alagamentos, deslizamentos e desmoronamentos.

Foto: Ivanildo Porto/PMG

 

A apresentação definiu estratégias para acelerar a resolução de problemas estruturais causados pelos temporais e para acolher a população em situações de emergência. Foram preparados, por exemplo, 11 Centros de Educação Unificados (CEUs) com capacidade para manter mais de 2 mil pessoas em segurança durante tempestades.

 

Presente no evento, o prefeito Guti destacou o avanço das obras do programa Viva Baquirivu, voltadas à macrodrenagem e ao controle de enchentes do rio Baquirivu-Guaçu. Já foi iniciada a canalização do córrego do Cocho Velho e finalizada a etapa de cadastramento das 1.035 famílias que vivem na região para o plano de reassentamento voluntário, locação social e realojamento de parte das famílias no Jardim Ponte Alta II, condomínio residencial que contará com 400 lotes.

 

A fim de diminuir a chance de ocorrências, os agentes percorreram durante o ano mais de 720 ruas, em um total de 120,6 km, em mais de 400 vistorias, além de atender 864 ocorrências em diversos cenários, como alagamentos, patologias da construção e quedas de árvores. “A Defesa Civil trabalha arduamente o ano inteiro, 24 horas, mesmo em períodos de estiagem com o objetivo de proteger a vida da população e evitar que percam seus bens”, enalteceu Guti.

 

De acordo com o coordenador da Compdec, Waldir Pires, o monitoramento é imprescindível. Ao receber os alertas meteorológicos, o prefeito e representantes das secretarias envolvidas no atendimento à população de risco reúnem-se em uma sala de crise para acompanhar os chamados. “É uma preocupação deste governo melhorar a vida dessas famílias, que muitas vezes perdem seus bens e até suas casas. Como exemplo disso, estamos trabalhando fortemente em tratativas com os demais órgãos, como a União, para viabilizar um plano de obras preventivas”, explicou.

 

Acione a Defesa Civil

 

Os agentes da Defesa Civil poder ser acionados pelo telefone 199, todos os dias, em qualquer horário.