Combate ao crack

0
591

 

O prefeito Sebastião Almeida anunciou que os equipamentos que a Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarulhos recebeu na tarde de ontem deverão começar a operar nas ruas da cidade em no máximo 15 dias. Os seis novos carros Volkswagen Voyage, as seis motos e os três ônibus equipados com central de vídeo monitoramento, que também servem como bases móveis, fazem parte do programa do Governo Federal “Crack, é possível vencer”.

crack-guarulhos

De acordo com Almeida, a chegada do projeto de combate ao crack a Guarulhos é mais um passo dado no sentido de construir uma cidade mais humana. “Temos que ser duros com os traficantes, com quem traz a droga para a cidade, mas tolerante com os dependentes, que devem ser tratados como doentes. Vamos usar a tecnologia a favor do bem estar do cidadão, dar uma mão para tentar levantar o dependente químico”, afirmou o prefeito.

Serão formados kits, cada um deles com um ônibus, dois carros e duas motos, e 40 guardas atuando em cada base, que ficarão na área central de Guarulhos, na Vila Galvão e na região dos Pimentas. Todos os GCMs que trabalharão no programa já passaram por um curso de qualificação de 120 horas, dado pelo Governo Federal.

Cada ônibus possuí sete câmeras: quatro externas, uma que filma em 360 graus, que fica em um mastro que sobe até uma altura de quase nove metros, além de duas de monitoramento interno do veículo. Também serão instaladas 20 câmeras fixas nas ruas de cada uma das três regiões onde as bases móveis ficarão posicionadas.

“As 60 câmeras fixas ainda não estão instaladas, pois o equipamento será doado e licitado pelo Governo Federal, que fez todo o investimento no equipamento do programa de combate ao crack. “No final deste ano ou início de 2015, será aberto concurso para GCMs, ”, disse o secretário de Segurança Pública João Dárcio.

 

Fonte: Guarulhos Hoje