Cineclube Incinerante exibe filmes que têm o futebol como temática

0
37

 

Dois filmes que têm o futebol como temática. No dia 29 de junho, às 19h, o Cineclube Incinerante recebe a estreia de O Grande Clássico, média-metragem do músico guarulhense Iládio Davanse. A sessão, que acontece no Sindicato dos Bancários de Guarulhos, conta ainda com a exibição do curta Na Marca do Pênalti, de Renato Queiróz. As sessões com exibição de filmes fazem parte de uma série de ações realizadas pelo Cineclube Incinerante por meio do edital Funcultura, com recursos federais da Lei Paulo Gustavo de Guarulhos. A entrada é gratuita.

 

 

A escolha de ambos os filmes para a exibição ressalta o interesse das torcidas por seus times, mesmo que estejam distantes das disputas profissionais. “Diferentes abordagens de um dos temas mais populares da vida cotidiana da população mostram como o cinema guarulhense cresceu e se diversificou nos últimos anos, possibilitando diversas narrativas e perspectivas de abordagem da linguagem cinematográfica”, explicou Alexandre Leão, integrante do Cineclube Incinerante.

 

De acordo com Leão, a exibição do último sábado de junho, neste sentido, é uma ótima oportunidade de conhecer mais profundamente esses trabalhos. Ela também contará com debate entre os realizadores e espectadores após os filmes.

 

Da várzea para as telas

 

As gravações de O Grande Clássico (2024) tiveram início em 2019 e sofreram interrupção de dois anos por causa da pandemia. Em sua narrativa, o filme dirigido por Iládio Davanse conta a história do jogo entre o Crueldade F.C. e a Associação Atlética Nipo-Brasilândia, dois times de várzea ficcionais que vivem situações opostas na última rodada do campeonato: o primeiro luta para não cair para a segunda divisão e o último tenta se sagrar campeão. Neste contexto encontra-se Carlão, um jogador que atua no Crueldade F.C. e está em um período decadente da carreira, mas tenta superar essa situação, salvar seu time do rebaixamento e provar a si mesmo que ainda tem valor para o futebol.

 

O média-metragem conta com diversos personagens conhecidos do mundo do futebol – dos jogos de várzea ao profissional – como o técnico “paizão”, o “torcedor fanático”, o “jogador marrento” e tantos outros. A direção de Iládio Davanse combinou muito bem esses personagens e outros elementos para construir uma história muito bem contada e com belas sequências que conseguem transmitir diversos aspectos que envolvem algo tão popular como a cultura futebolística.

 

A disputa do AD Guarulhos pela Copa São Paulo

 

Na Marca do Pênalti (2017) é um curta-metragem documental produzido pela Companhia Bueiro Aberto e possui direção de Daniel Neves e Renato Queiroz. Trata-se de um filme dos primeiros anos do grupo, que em 2024 completa 10 anos de fundação. Neste filme, os cineastas acompanharam a trajetória e a luta de jovens das categorias de base da A.D. Guarulhos, que disputaram a Copa São Paulo de Juniores em 2017 em busca de se tornarem atletas profissionais. Entrevistas com os atletas, cenas de reuniões no vestiário, as emoções da torcida durante os jogos são alguns dos componentes desse filme, que nos oferece um importante panorama desse sonho compartilhado por milhões de jovens que é se tornar um jogador profissional de futebol.

 

O Sindicato dos Bancários de Guarulhos fica na Rua Paulo Lenk, 128 – Centro – Guarulhos/SP.