Casos da “gangue da batidinha” apresentam queda em Guarulhos

0
657

 

Os casos da quadrilha que provoca acidentes em estradas para poder assaltar os motoristas, chamada de “gangue da batidinha”, apresentaram queda de 70% neste ano. a informação foi dada ontem pelo inspetor-chefe do Núcleo de Policiamento e Fiscalização da 1ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Guarulhos, Celso Fernandez, durante reunião da comissão de Segurança Pública da Câmara Municipal.

Segundo ele, no primeiro trimestre deste ano foram registrados 13 casos contra quatro nos últimos três meses. “Esses dados demonstram o quanto a gente vem se dedicando para inibir isso”, afirmou Fernandez.

segurança-guarulhos

No último dia 5, operação conjunta das polícias Civil e Rodoviária Federal prendeu nove pessoas, sendo três suspeitos de participar da gangue da batidinha. A operação ocorreu dias depois que Bruno Cavalcanti Facchineli, 31 anos, morreu após se jogar de seu carro na via Dutra, na tentativa de escapar de um assalto. De acordo com Secretaria de Segurança Pública (SSP), ele desceu do carro com a namorada após sentir um impacto na traseira do veículo, mas outro carro com três suspeitos encostou ao lado do casal e anunciaram o assalto. “O intuito era exatamente a prisão de quadrilhas e a diminuição, por consequência dos índices de roubos e furtos de veículos em Guarulhos”, destacou.

 

Segundo Fernandez outra medida importante será a ampliação do efetivo na cidade. “A PRF realizou estudo em todas as delegacias do país e enviou ao Ministério da Justiça e Planejamento para a realização de concursos públicos para repor as vagas de aposentadorias e exonerações. Na cidade já em andamento a lotação de duas turmas de um concurso vigente que já irá suprir um processo de aposentadoria de 25% do atual afetivo”, destacou.

 

Fonte: Guarulhos Hoje