Anatel pode retirar até 62% dos orelhões públicos de Guarulhos

0
546

 

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) quer retirar de circulação mais da metade dos orelhões públicos instalados em todo o país. Caso a proposta se confirme, Guarulhos pode perder até 62% dos aparelhos em funcionamento nas ruas da cidade.

No tema que está em consulta pública desde junho, a proposta da agência é diminuir de quatro para 1,5 orelhões para cada grupo de mil habitantes no país.

Guarulhos que de acordo com a Telefônica Vivo, possuía até o mês de junho 5.113 equipamentos, contará com aproximadamente 1.950 aparelhos, ou seja, 3.163 aparelhos seriam retirados das ruas.

anatel-guarulhos

A Anatel pretende eliminar 461 mil dos 874 mil orelhões em funcionamento em todo país, ou seja, um corte de aproximadamente 53%.

Desta forma, 413 mil aparelhos continuariam à disposição da população. Para chegar a esse número, a Anatel sugere aumentar a distância entre os aparelhos à disposição do público, de 300 para 600 metros.

A decisão é baseada em dados fornecidos pelas concessionárias de telefonia fixa que apontam ser cada vez menor o interesse nos equipamentos devido à expansão e avanço dos celulares.

Mesmo aparentando não ter tanta utilidade, o comerciante José Eduardo Nogueira, 47 anos, garante que a redução dos aparelhos pode fazer falta.

“Quando o celular me deixa na mão no meio da rua, eu corro para o orelhão. Muitas vezes ele salva. Cada esquina tem um. Se for retirar, vou caminhar bastante até encontrar um”, comenta.

De acordo com a agência, devido aos avanços tecnológicos e fácil acessibilidade a celulares e outros meios de comunicação, hoje, 50% dos orelhões no país realizam apenas 2 chamadas dia.

 

Fonte: Guarulhos Hoje