Abertura da Semana de Qualidade de Vida do Servidor discute saúde mental no Adamastor

0
345

 

Um público de mais de 160 funcionários da administração municipal participou nesta segunda-feira (22) da palestra de abertura da Semana de Qualidade de Vida do Servidor, que abordou saúde mental no auditório do Adamastor. O evento prossegue até sexta-feira (26) com palestras relevantes para o bem-estar no trabalho e na vida, como educação financeira, aposentadoria, assédios moral e sexual, inclusão, violência contra a mulher, alcoolismo, drogas e motivação.

 

Foto: Ivanildo Porto/PMG

 

O secretário de Gestão, Adam Kubo, participou da abertura ao lado da diretora de Recursos Humanos, Luciana Memento. “Este é o início de um trabalho que corresponde a uma preocupação que temos em relação ao servidor e ao que podemos fazer para uma vida melhor. Temos uma Prefeitura muito grande e complexa, com mais de 20 mil funcionários. O salário não é o único fator que motiva o trabalhador. Existem muitos outros componentes que melhoram e contribuem para a qualidade de vida do servidor, como saúde, alimentação, lazer, meditação, atividade física, relacionamentos, entre outros”, disse o gestor.

 

A palestra ficou a cargo do chefe do Serviço Especializado em Engenharia, Segurança e Medicina do Trabalho, o psicólogo Carlos Henrique Pires Neto. “É um momento de reflexão e o tema é um alerta, pois há um problema crescente em relação à saúde mental na sociedade. Após a pandemia, tivemos um acréscimo de 25% no adoecimento da população”, afirmou o psicólogo.

 

O palestrante discorreu sobre os principais sintomas e as características para identificar se a pessoa está mentalmente bem ou não, as doenças mais comuns e as estratégias de enfrentamento para melhorar sua qualidade de vida.

 

Para o servidor Alison Marcos Cirino, as informações oferecidas no evento foram muito importantes. “A Semana Qualidade de Vida traz a percepção e a conscientização da importância de se ter um ambiente de trabalho com qualidade, tanto estrutural como emocional e no contexto do bom relacionamento entre chefias e servidores. Qualidade de vida é o servidor vir trabalhar e voltar para casa com satisfação, sem gerar estresse no trabalho e na vida”, disse Cirino.

 

A iniciativa é da Secretaria de Gestão, por meio do Departamento de Recursos Humanos, e se baseia no programa Qualidade de Vida do Servidor, instituído pelo decreto 38.654/22, o qual combina ações e atividades que contribuam para o bem-estar do funcionário no local de trabalho.