2ª Conferência Municipal de Saúde Mental começa nesta quinta-feira

0
79

 

Após ter a data adiada devido à pandemia de covid-19, a 2ª Conferência Municipal de Saúde Mental de Guarulhos terá início nesta quinta-feira (28), às 8h, no anfiteatro F da UNG – Univeritas Guarulhos, com acesso pela rua Soldado Brasílio Pinto de Almeida, 82, Vila Almeida. O evento segue até as 13h e se estende até sexta-feira (29), com início às 8h e término às 13h.

 

Com o tema “A Política de Saúde Mental como Direito: Pela defesa do cuidado em liberdade, rumo a avanços e à garantia dos serviços da atenção psicossocial no SUS”, a conferência é destinada a usuários e seus familiares, trabalhadores e gestores da saúde para reconhecer, debater e propor melhorias para a rede de atenção psicossocial nos níveis municipal, estadual e federal.

 

A programação do dia 28 tem início com credenciamento e apresentação do grupo cultural dos serviços da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS). Na sequência haverá a formação da mesa de abertura e a palestra “Saúde Mental no Contexto da Pandemia”, com o psicólogo e membro do Instituto AMMA Psique e Negritude, Marcio Farias. O credenciamento pode ser feito até as 9h30. A partir das 9h40 os participantes serão orientados quanto às salas temáticas e das 10h às 13h será iniciado o grupo de trabalho por eixo.

 

Os eixos temáticos são: cuidado em liberdade como garantia de direito à cidadania; gestão, financiamento, formação e participação social na garantia de serviços de saúde mental; política de saúde mental e os princípios do SUS: universalidade, integralidade e equidade; e impactos na saúde mental da população e os desafios para o cuidado psicossocial durante e após a pandemia.

 

Na sexta-feira o dia também começa com as boas-vindas e a apresentação do grupo cultural dos serviços da RAPS, das 8h às 8h30, e a partir deste horário até as 13h será realizada a plenária final e a eleição dos delegados para Conferência da Macrorregional de Saúde Mental da região da Grande São Paulo.

 

A 2ª Conferência Municipal de Saúde Mental de Guarulhos é organizada de forma participativa por um grupo de trabalho composto pela coordenação de Saúde Mental da Secretaria da Saúde, bem como por trabalhadores, usuários, familiares e gestores da Rede de Atenção Psicossocial.