Guardas civis fazem protesto na Câmara

0
411

 

Um grupo de guardas civis municipais realizou um protesto ontem na Câmara Municipal pedindo a exoneração do secretário de Segurança Pública, João Dárcio. Segundo os GCMs, a categoria está sendo desrespeitada de diversas formas e eles buscam junto ao Legislativo ajuda para resolver a questão.

“O secretário está tratando a GCM como se fosse uma propriedade dele, apoiando os que são a favor dele e punindo os que são contra. Além disso, está confundindo a secretaria com o PTN, fazendo dela uma extensão do partido”, afirmou o presidente da Associação dos Guardas Civis Municipais, Silas Marques.

guardas-guarulhos

Dentre as dificuldades enfrentadas por eles estão às instalações precárias, falta de uniformes, desrespeito a hierarquia, mudanças repentinas do operacional, a obrigação do agendamento de folgas do mês em feriados, entre outros.

O grupo foi recebido pelos vereadores membros da Comissão de Administração e Funcionalismo Público. “Vamos procurar não só essa mas a comissão de Segurança Pública para apresentar a situação que estamos vivendo”, destacou.Eles prometeram um novo ato amanhã durante a sessão do Legislativo.

 

Políticagem

 

No entanto, para o secretário João Dárcio tudo não passa de uma articulação política, já que ele afirma nunca ter sido procurado por nenhum GCM solicitando melhorias.

“Nunca me procuraram para reivindicar nada. Com certeza existe um movimento político por trás disso tudo, por conta de um trabalho que vem sendo feito”, destacou.

Segundo ele as reivindicações são infundadas devido as inúmeras melhorias que a GCM vem recebendo nos últimos seis anos, tempo em que está a frente da pasta.

“Eu cheguei a entregar pessoalmente os novos fardamentos que nunca foram tão bom como esses. Eles usam o colete balístico que as forças policiais de primeiro mundo usam, mais leves, evitando as licenças por problemas de coluna, além de um calçado de melhor qualidade”, afirmou Dárcio.

 

Fonte: Guarulhos Hoje